Novo SUV será lançado nos próximos meses e tem grandes chances de vir ao Brasil

Considerado um dos principais lançamentos da Ford neste ano na América do Norte, o Bronco Sport 2021 é também um dos mais vazados da temporada. Prova disso são os novos arquivos publicados recentemente pela mídia norte-americana sobre o pacote de versões e as opções de motorização do novo SUV.

Os documentos confirmam que a gama de motores será composta por duas opções: 1.5 de 3 cilindros turbo e 2.0 de 4 cilindros também turbo. Ambos pertencem à família EcoBoost e já são usados pelo Escape, modelo que empresta a plataforma C2 para o Bronco Sport. Dados de potência não foram revelados, mas a expectativa é que se repitam - ou seja, 180 cv e 250 cv, respectivamente.

Galeria: Ford Bronco Sport 2021 - Novo Flagra

Outra novidade já descoberta (e reiterada pelos novos arquivos) diz respeito à gama de versões. Como já dito, será adotado um padrão próprio de nomenclatura para cada opção do portfólio, em detrimento dos tradicionais S, SE, SEL e Titanium. Na prática, o Bronco Sport terá versões batizadas em homenagem a parques florestais da América do Norte: Big Bend, Outer Banks e Badlands, além da básica chamada de Base e da edição limitada First Edition. Todas as versões terão tração 4x4 como item padrão.

Além disso, a paleta de cores composta por 10 diferentes opções também já foi revelada. Entre as principais tonalidades, destaque para azul, cinza, laranja, marrom, branco, vermelho e preto.

Bronco Sport 2021 no Brasil

Outra informação interessante, já confirmada pela própria Ford, diz respeito à chegada do Bronco Sport à América do Sul. Em um inédito calendário de lançamentos revelado durante apresentação financeira dos resultados do 2º trimestre, a marca prevê a chegada do modelo à região entre o final deste ano e o início de 2021. O Brasil, como maior mercado da região, não ficará de fora desses planos. Como o Escape deve vir unicamente em versão híbrida para brigar contra o Toyota RAV4, deverá caber ao Bronco Sport a missão de representar a Ford entre os SUVs, digamos, mais raiz.