Vai vencer a revisão ou a garantia do seu carro? Não se preocupe, #fiqueemcasa

O processo de isolamento social é importante quando falamos em conter os avanços da Covid-19. E tarefas que não sejam de extrema importância devem ser evitadas, como, por exemplo, sair de casa para levar o carro para a revisão. Além de se proteger, também protegemos a cadeia de funcionários das concessionárias ao menos de se expor ao vírus.

Para isso, cada montadora estendeu o prazo de garantia e revisão conforme suas regras. Veja o que cada uma das principais marcas adotou como novas regras.

BMW

Comparativo: BMW 330i x Audi A4 x Mercedes C300

Os modelos da BMW não trabalham com um prazo estipulado de manutenção, mas sim um sistema que verifica diversos parâmetros do carro e alerta a necessidade da manutenção preventiva. Depois desse alerta, o proprietário tem 30 dias para fazer a revisão sem perder a garantia do veículo. Para a cobertura, se o contrato vence entre os dias 23 de março e 24 de abril, terá 30 dias a mais.

Chevrolet

Onix LTZ Turbo MT

A líder de mercado no Brasil também quer seus clientes em casa. Sobre as revisões, a Chevrolet está colocando 3.000 km de tolerância nos 10.000 km para cada revisão programada, com data a ser estipulada após a quarentena. Os clientes que têm contrato de garantia acabando entre 1º de março e 30 de junho de 2020 terão 3 meses extras de cobertura. 

Citroën

Citroën C4 Cactus 1.6 AT

As manutenções de veículos Citroën que venceram desde o dia 17 de março terão um prazo extra de 3 meses ou, aos modelos com revisão pela quilometragem (10.000 km cada), há uma nova tolerância de 3.000 km. Aos modelos com garantia a vencer, o prazo se estende 1 mês - ou 3 meses para modelos da DS. 

Fiat

Fiat Argo Trekking 1.8 AT

A Fiat comunicou os clientes que a primeira revisão dos modelos pode ser feita 14 meses após a compra (normalmente, 12), com uma tolerância de 2.000 km em casos por quilometragem. Para as demais, são 30 dias corridos após o fim do prazo de 1 ano da última revisão, ou 1.000 km além dos 10.000 km da última. Sobre garantias, os contratos que vencem a partir de 20 de março são válidos até 30 de abril. 

Ford

Comparativo: Fiat Argo Trekking x Ford Ka Freestyle

A Ford não estipulou prazos para revisões ou coberturas de garantias, mas afirmou que as contagens só serão retomadas após o fim da quarentena. Concessionários trabalham conforme as regras de cada local, com fornecimento de peças e manutenção principalmente a veículos de prestação de serviços. 

Hyundai

Hyundai HB20 2020 - Frente

A Hyundai, com 5 anos de garantia, diz que clientes com a cobertura acabando a partir de 10 de março terão garantia até 30 de abril, com uma tolerância também de 5.000 km a mais, indo aos 105.000. Para as revisões que vencem a partir de 10 de março, tem também há 2.000 km a mais, além da data de 30 de abril.

Jeep

Jeep Renegade 2020 (Oficial)

Como a Fiat, a Jeep comunicou os clientes que a primeira revisão dos modelos pode ser feita 14 meses após a compra (normalmente, 12), com uma tolerância de 2.000 km em casos por quilometragem. Para as demais, são 30 dias corridos após o fim do prazo de 1 ano da última revisão, ou 1.000 km além dos 10.000 da última. Sobre garantias, os contratos que vencem a partir de 20 de março são válidos até 30 de abril. 

Lexus

Lexus ES 300h - Avaliação

A Lexus oferece garantia de 4 anos para seus modelos. Aos que estão acabando entre março e abril de 2020, há 2 meses extras. A revisão por tempo (1 ano) tem três meses de tolerância ou, por quilometragem, nova tolerância de 3.000 km. 

Mercedes-Benz

Comparativo: BMW 330i x Audi A4 x Mercedes C300

As revisões ou garantia que expirem entre o dia 1º de março e o fim da quarentena terão três meses extras na cobertura, além de 3.000 km a mais para a realização da manutenção. Aos clientes que preferem realizar os serviços, algumas concessionárias oferecem o sistema "leva e traz".

Mini

Teste - Mini Cooper S Cabrio

Como a BMW, a Mini não trabalha com um prazo estipulado de manutenção, mas sim um sistema de verificação de diversos parâmetros e alerta a necessidade da manutenção preventiva. Depois desse alerta, o proprietário tem 30 dias para fazer a revisão sem perder a garantia do veículo. Para a cobertura, se o contrato vence entre os dias 23 de março e 24 de abril, terá 30 dias a mais.

Nissan

Nissan Kicks S

A Nissan estendeu a tolerância para a revisão durante o período da quarentena em três meses ou 3.000 km. A marca diz que não haverá alteração nos valores, mas não citou qualquer informação sobre os carros em fim de garantia. 

Peugeot

Teste - Peugeot 2008 THP AT

Clientes em que a revisão vence a partir do dia 17 de março terão um prazo de três meses ou, aos que venceram pelos 10.000 km entre as revisões, 3.000 km. As unidades em que a garantia está para acabar durante o período da quarentena terão 1 mês a mais de cobertura. 

Toyota

Toyota Hilux GR-S 2.8 turbodiesel

A Toyota aumentou o prazo de garantia e revisões de clientes com fim de contrato ou prazo entre março e abril de 2020. As revisões têm nova tolerância para três meses e 3.000 km. Para a garantia, são dois meses a mais além dos 3 anos estipulados.