Tolerância passa de 1.000 para 3.000 km sobre a quilometragem estipulada

Seguindo o caminho de diversas montadoras, a Chevrolet anuncia medidas sobre garantia e manutenção programada de seus veículos durante o período de isolamento social no Brasil. Com as concessionárias fechadas por conta da pandemia do coronavírus, a realização de serviços fica impossibilitada e poderia comprometer a garantia e manutenções nos veículos.

Sobre a garantia, a Chevrolet está estendendo por mais 3 meses a cobertura para clientes em que o vencimento seria entre 1º de março e 30 de junho de 2020. Isso é válido para unidades que seguiram o cronograma de revisões corretamente anteriormente. Sobre as revisões programadas (feitas a cada 1 ano ou 10.000 km, o que acontecer primeiro), poderão ser feitas com 3.000 km extras, com a data limite a ser estabelecida após o processo de quarentena local.

Onix LTZ
Veículos com garantia com fim entre 1º de março e 30 de junho terão 3 meses a mais de cobertura.
Chevrolet-Prisma-2019-1
O mesmo vale para as manutenções programadas, com 3 mil quilômetros de tolerância.

A Chevrolet afirma que seus canais de comunicação estão em funcionamento, inclusive o sistema OnStar. A garantia de modelos Chevrolet é de 3 anos a partir da data de entrega do carro ao comprador, com revisões a cada 10.000 km ou 1 ano para manter a cobertura, com limite de 1.000 km a mais. 

A Chevrolet segue o que fizeram praticamente todas as marcas no país. Para evitar o movimento nas concessionárias e carros nas ruas, os prazos de garantia e manutenção programada estão sendo revistos, também protegendo seus funcionários. Ao mesmo tempo, diversas se mobilizaram para ajudar no combate ao Covid-19 seja com o comodato de carros, ajuda com equipamentos e até a manutenção e produção de respiradores mecânicos.