Apesar do avanço dos automáticos, marca está comprometida com os entusiastas

Apesar do avanço das transmissões automáticas nos mais variados segmentos (inclusive o de esportivos), a Volkswagen oficializa seu compromisso com aqueles consumidores de perfil considerado mais entusiasta. Em entrevista recente concedida à revista britânica Autocar, Matthias Rabe, chefe da área de operações de desenvolvimento técnico da marca, garantiu que a empresa continuará oferecendo opção de câmbio manual enquanto houver demanda.

"Algumas pessoas gostam de voltar às raízes e trocar de marcha manualmente", disse o executivo, justificando a necessidade de manutenção dessa opção. Para os gearheads, é um alívio saber que uma das maiores fabricantes de carros do mundo demonstra interesse em manter vivo um nicho cada vez menor do mercado.

Galeria: Volkswagen Golf GTI 2020

Além de modelos convencionais, a Volkswagen oferece caixas manuais em diversos modelos esportivos. Na Europa, as versões GTI de Up!, Polo e Golf são oferecidas com transmissões do tipo. Para os próximos meses, há grande expectativa em torno do novo Golf R, que muitos esperam ter opção de troca de marchas manual.

Além da Volkswagen, outras grandes marcas europeias também demonstram interesse em manter vivas as caixas manuais. A Porsche, por exemplo, já firmou compromisso não só com as transmissões como também com a oferta de motores naturalmente aspirados. Por sua vez, a BMW disse que manterá o pedal de embreagem ativos em versões dos próximos M3 e M4.

Fonte: Autocar