Em ambas as marcas, atividades serão suspensas a partir do dia 23

Depois da General Motors, que suspenderá todas as atividades fabris a partir do dia 30, mais duas grandes montadoras instaladas no Brasil anunciam interrupção da produção em decorrência do avanço do novo coronavírus. Em nota, Volkswagen e Ford disseram que a partir da próxima segunda-feira (23) todas as fábricas serão paralisadas pelo período de pelo menos duas a três semanas.

No primeiro caso, a determinação valerá até o dia 30. Durante esse tempo, os funcionários da área administrativa serão orientados a trabalhar de casa, enquanto os empregados da linha de produção terão folgas administradas por banco de horas. A partir do dia 31, todos estarão em férias coletivas por duas semanas. "A medida visa preservar a saúde dos empregados e familiares em decorrência do avanço da COVID-19", disse a marca.

Galeria: Ford - Camaçari comemora 3 milhões de carros produzidos

No caso da Ford, a suspensão valerá até o dia 13 de abril. "A maior prioridade da Ford é sempre a segurança e o bem-estar de nossos funcionários e parceiros. Essa ação adicional ajudará a reduzir o risco de disseminação do covid-19, ao mesmo tempo em que potencializa a saúde dos nossos negócios durante esse período desafiador para toda a economia", afirmou Lyle Watters, presidente da Ford América do Sul.

A VW mantém atualmente quatro fábricas em operação no Brasil: São Bernardo do Campo (SP), Taubaté (SP), São José dos Pinhais (PR) e São Carlos (SP). Emprega mais de 15 mil funcionários. Por sua vez, a Ford tem operações fabris em Camaçari (BA), Taubaté (SP) e também Horizonte (CE), onde fábrica o jipão T4 da marca Troller.