SUV ficou mais caro, mas ganhou itens que até então eram opcionais

Você viu em primeira mão aqui no Motor1.com o aumento de preços que parte da linha Volkswagen sofreu este mês. Agora tivemos acesso ao configurador da marca atualizado e a boa notícia é que o T-Cross 2020 nas versões Comfortline e Highline, apesar de mais caros, ficaram mais completos, adicionando itens no pacote de série que antes eram opcionais. 

Começando pelo T-Cross Comfortline 200 TSI 2020, agora ele traz o tão desejado painel de instrumentos digital (Active Info Display) com o sistema multimídia Discover Media de 8" como itens de série. Ao seu lado, vem o seletor de modo de condução com função Eco, iluminação ambiente em LEDs e a chave presencial com partida por botão. Agora custa R$ 106.790 e mantém outros itens, como o ar-condicionado automático e as rodas de 17". Como opcionais, oferece teto-solar panorâmico e pacote de bancos em couro marrom com aplique no painel. 

Volkswagen T-Cross 200 TSI Comfortline

O mesmo acontece no T-Cross Highline 250 TSI 2020, este com o motor 1.4 TSI de 150 cv. Assim como o Comfortline, agora traz de série o painel de instrumentos Active Info Display com o seletor de modos de condução e o sistema multimídia de 8" com espelhamento de smartphones via Apple CarPlay e Android Auto. Seu preço é de R$ 114.990 e mantém como opcionais o teto-solar panorâmico e um pacote com faróis full-LED, estacionamento automático e sistema de som assinado pela Beats Audio. 

Honda HR-V x Hyundai Creta x VW T-Cross
O desejado painel Active Info Display, agora item de série no T-Cross Comfortline e Highline

Este movimento era esperado para o SUV, já que outros membros de sua família MQB A0, como Polo e Virtus, também tiveram os pacotes de opcionais reduzidos e os itens de série aumentados junto com os preços. A Volkswagen busca reduzir a quantidade de variáveis possíveis em seus modelos para reduzir os custos de produção e facilitar com a redução de pacotes. 

Galeria: Volkswagen T-Cross (Brasil)