Informação foi apurada com concessionários; HPE nega

Em setembro de 2018, a Mitsubishi apresentou a reestilização do ASX brasileiro. Cinco meses depois, um novo ASX (vendido como Outlander Sport em alguns países) foi mostrado no exterior, com clara inspiração no Eclipse Cross principalmente na dianteira, apesar de manter a mesma base da carroceria e interior. Pois bem, o Brasil irá recebê-lo no próximo mês, segundo alguns concessionários. 

Vendedores consultados pela reportagem do Motor1.com na capital paulista afirmaram que o atual ASX se manterá em linha sem mudanças, mas o modelo com visual do Eclipse Cross chegará com o nome de Outlander Sport (como acontece nos Estados Unidos, por exemplo) e será mais caro, posicionado em uma faixa superior de preços. Ainda não falam em equipamentos, mas afirmam que manterá a produção no Brasil e o motor 2.0 flex de 170 cv com câmbio CVT e sistema de tração 4x4. 

Se a Mitsubishi explorar os mesmos equipamentos que encontramos no Outlander Sport americano, podemos esperar um novo sistema multimídia, faróis full-LED inclusive no neblina, alerta de tráfego traseiro cruzado, se juntando aos 7 airbags e controles de tração e estabilidade já existentes no atual nas versões mais caras. 

Mitsubishi ASX 2019
Nosso ASX atual...
Mitsubishi ASX 2020
...e o Outlander Sport

O posicionamento é curioso, já que a marca nacionalizou o Eclipse Cross e o colocou em uma faixa superior a do ASX, custando desde R$ 130.990 a R$ 162.990, com o novo motor 1.5 turbo com câmbio CVT. Ao mesmo tempo, podemos supor que o ASX se manterá em linhas nas versões básicas (GLS e HPE 2WD, de até R$ 120.990), enquanto o Outlander Sport poderá ficar nas versões HPE 4WD e HPE-S, mais caras, de até R$ 133.990. 

Em posicionamento oficial após ser procurada pelo Motor1.com Brasil, a HPE nega a informação sobre esta convivência e diz que todos os planos e agenda de lançamentos estão sendo revistos pela crise do Covid-19. Assim como outras marcas, o grupo que representa a Mitsubishi e Suzuki no país se prepara para uma queda do mercado devido ao coronavírus e o isolamento dos clientes em casa. 

Galeria: Mitsubishi ASX 2020