Caminhonete tem 700 cv na versão básica, chegando 800 cv na variante mais cara

Era para termos a picape Mercedes-Benz Classe X no Brasil, tanto que a fabricante até começou a divulgá-la em suas redes sociais, mas o cancelamento da produção do modelo na Argentina e seu consequente fim foi um banho de água fria em quem ficou interessado. A Strasse, filial da Brabus no país, oferece uma alternativa, embora por um valor bem mais alto: trata-se da 800 Adventure XLP, uma adaptação do SUV Classe G, com preço inicial de R$ 6,5 milhões.

Galeria: Brabus 800 Adventure XLP

Para criar a Brabus 800 Adventure XLP, a empresa alemã usou como base a versão atual do Mercedes-Benz G63 AMG. Foi feita uma conversão da carroceria, retirando toda a parte do porta-malas para que recebesse a caçamba. O entre-eixos foi alargado em 50 cm, criando uma coluna extra logo após as portas traseiras. No total, ela cresceu 68,9 cm em comparação ao G63, com um comprimento total de 5,31 metros.

A estrutura da caçamba foi feita de aço e fibra de carbono, para manter o peso baixo. A Brabus diz que desenvolveu o modelo para manter a rigidez torcional do Classe G, mesmo com a mudança na traseira. Ainda foi adicionada uma suspensão especial, deixando a picape com uma altura de 49 cm em relação ao solo.

Para ostentar o nome Brabus, o motor 4.0 V8 biturbo teve uma nova preparação. A potência foi elevada para 700 cv na versão mais barata, enquanto a topo de linha tem 800 cv e 101,9 kgfm de torque. Neste caso, a picape alcança os 100 km/h em apenas 4,8 segundos, com velocidade máxima limitada a 210 km/h – a preparadora diz que é por causa da mudança no centro de gravidade e pelo uso de pneus off-road de 22”. Foram feitas alterações no arrefecimento, sistema de exaustão, regulador da tração integral e até uma limitação de torque nas três primeiras marchas. Os turbocompressores são novos, maiores e reforçados.

Brabus 800 Adventure XLP
Brabus 800 Adventure XLP

Além da adição da caçamba, a Brabus 800 Adventure XLP recebeu um novo pacote visual, com para-lamas alargados, novo capô com duas entradas de ar maiores, santantônio integrado e um rack de teto com luzes. A picape ainda tem opções de personalização interna, com acabamento e cores a escolher, como o couro em cinza escuro chamado Burned Oak (carvalho queimado).