Reestilização profunda apresentada em dezembro acaba de chegar às lojas

Apresentada oficialmente no final do ano passado, a profunda reestilização aplicada ao SUV Tiggo 7, da Chery, acaba de chegar às lojas na China. Completamente reformulado, o modelo incorpora a mais recente linguagem visual da marca e passa a vir equipado com motores 1.5 e 1.6, ambos turbinados, considerados mais eficientes e tecnológicos. Além disso, chama atenção o fato de o sistema de ar-condicionado sair de fábrica com filtros antivírus e antibacterianos capazes de tornar a vida a bordo mais saudável e segura - especialmente levando em conta a realidade atual de pandemia, com o avanço do novo coronavírus por diversos países. Na China, os preços começam em 140.000 yuan, o equivalente a R$ 98.000.

Galeria: Novo Chery Tiggo 7 2020

Segundo a Chery, a eficiência do sistema é de 95% e atinge partículas menos ou iguais a 0,3 µm, de modo a bloquear vetores de vírus e reduzir o tempo de sobrevivência dos germes. Além disso, há um sistema de isolamento de pressão micro-positiva pensado para evitar a entrada de impurezas durante a abertura das portas e outro recurso para esterilização de íons negativos ecológicos programado para remover poeira, esterilizar e limpar o ar.

Falando em interior, a linha 2020 adotou painel com estilo mais retilíneo e nova central multimídia com tela no estilo flutuante, de 10,2 polegadas, bem como um quadro de instrumentos digital com display de 12,3 polegadas. Além disso, os comandos do ar-condicionado foram resenhados e ganharam aspecto mais moderno e tecnológico.

Sob o capô, foi mantido o conhecido motor 1.5 turbo, mas agora com ajuste para gerar 156 cv de potência e 23,4 kgfm de torque, bem como alcançar média de consumo de 14,7 km/litro. O câmbio pode ser manual de 6 marchas ou automático do tipo CVT com 9 marchas simuladas (mesmo que chegou aqui no Arrizo 5), substituindo a antiga caixa de dupla embreagem e 6 posições.

Há também o novo 1.6 turbo com injeção direta, cujo projeto foi desenvolvido inteiramente pela divisão de motores da marca, a Acteco. Entrega 197 cv e 29,5 kgfm, sempre com um câmbio automatizado de dupla embreagem e 7 posições - no Brasil, esse motor estreará no inédito Tiggo 8 ainda neste ano. A gama ganhará ainda um 2.0 turbo com injeção direta no futuro.

Fonte: Chery