Lançado em março de 2015, SUV foi o primeiro modelo a sair da fábrica de Goiana (PE)

À venda no mercado brasileiro há exatos 5 anos, o Jeep Renegade comemora nesta semana 250 mil unidades comercializadas no país. Primeiro veículo a sair das linhas de montagem do complexo industrial de Goiana (PE), o SUV estreou por aqui como parte de um ambicioso plano estratégico da FCA e desde então se tornou um dos mais vendidos do segmento. Não por acaso, é o atual líder da categoria no país com 68.736 unidades entregues em 2019, à frente de Honda HR-V, Hyundai Creta, Volkswagen T-Cross e companhia.

A cifra histórica foi atingida agora no último mês de fevereiro, quando 5.354 unidades foram vendidas. Em números exatos, são 254.090 exemplares entregues no Brasil desde 2015. Levando em conta toda a produção na fábrica pernambucana, já são 320 mil unidades acumuladas. Isso porque, além de vendido no Brasil, o Renegade é exportado para outros 12 países da América Latina, como Argentina, Uruguai e Chile.

Galeria: Jeep Renegade 2019

Atualmente, o Renegade é oferecido em 7 diferentes versões, que variam de acordo com a lista de equipamentos, tipo do motor (1.8 flex de 139 cv ou 2.0 turbodiesel de 170 cv), escolha do câmbio (automático de 6 ou 9 marchas) e opção de tração (dianteira ou 4x4). Entre outros diferenciais, o modelo se destaca na categoria por ser o único equipado com motor turbodiesel, câmbio automático de 9 marchas com a 1º reduzida, tração 4x4, controle de descida, seletor de terrenos e suspensão independente nas quatro rodas em todas as versões. Além disso, foi o primeiro veículo produzido no Brasil alcançar 5 estrelas para proteção de adultos e crianças nos testes do Latin NCAP.

A próxima grande novidade da gama Renegade no Brasil será a chegada dos aguardadas motores turbo da família Firefly. Além disso, há expectativa em torno do lançamento de uma variante híbrida, já apresentada na Europa, que virá importada ainda em 2020.