Crossover adotará a mesma plataforma que o Alfa Romeo Stelvio e deve ser revelado no 2º semestre

A data de estreia do novo Jeep Grand Cherokee acabou revelada em uma live no Facebook. Ralph Gilles, chefe de design da Fiat-Chrysler, e Mark Trostle, comandante da área de design exterior para esportivos e utilitários, participaram de uma entrevista e, em certo momento, Gilles comenta sobre seus desenhos favoritos, mencionando o SUV grande, como notado pelo site Muscle Cars and Trucks.

"Ele sobreviveu tão bem. Está perto de seu fim e estamos para substituí-lo em breve neste ano. Nós iremos mostrar o novo", afirmou Gilles ao comentar sobre o Jeep Grand Cherokee.

 

O carro já foi visto em testes nos Estados Unidos, o que nos faz acreditar que ele será lançado mais para o final do ano, como modelo 2021. As fotos sugerem que o maior SUV da Jeep irá crescer ainda mais. A camuflagem faz com que seja difícil entender como será seu design, mas sua silhueta não parece indicar que mudará radicalmente.

Galeria: Jeep Grand Cherokee 2021 (flagra)

Na mecânica, há um rumor de que o Grand Cherokee deve adotar a mesma plataforma do Alfa Romeo Stelvio. Isso faria sentido, já que a Fiat-Chrysler está reduzindo a quantidade de arquiteturas usadas dentro do grupo. Parte desta base será usada no futuro SUV de 7 lugares que a Jeep irá produzir no Brasil e que será lançado em 2021. As motorizações podem incluir um sistema híbrido-leve de 48V, combinado ao um V6 e um V8. Ainda deve receber uma variante híbrida plug-in, como será o caso de Renegade, Compass e Wrangler.

Um documento vazado dá uma ideia do que poderemos ter dentro do novo Jeep Grand Cherokee. Ele lista alguns detalhes, como um painel de instrumentos digital e uma central multimídia, ambos com tela de 10,1". Já a geração atual pode dar adeus com uma versão final, na forma do Grand Cherokee Trackhawk, que seria lançado antes da apresentação do novo SUV.