Modelo é na verdade um rebadge do Skoda Rapid

Após alguns teasers promissores, a Volkswagen da Rússia revela nesta terça-feira (25) o novo Polo Sedan para aquele mercado. Com design totalmente diverso do nosso Virtus, o modelo é na verdade um rebadge do Skoda Rapid - seguindo a lógica contrária do que costuma acontecer entre as marcas do Grupo VW. 

Uma diferença fundamental entre o Polo Sedan russo e o Virtus é que o modelo de lá não é propriamente um sedã, mas sim um liftback, no qual a tampa do porta-malas abre em conjunto com o vidro traseiro, a ponto de contar com um limpador (como nos hatchbacks). Embora a VW não tenha divulgado suas medidas, elas devem ser as mesmas ou bem próximas do Rapid: 4,48 metros de comprimento e 2,60 m de entre-eixos, com porta-malas de 550 litros. Como comparação, o Virtus tem os mesmos 4,48 m de comprimento, mas com entre-eixos mais longo (2,65 m) e porta-malas um pouco menor (521 litros). 

2020 VW Polo for Russia

O que parece mais legal no sedã da Rússia é o interior. Ele traz, por exemplo, o mesmo volante do novo Golf 8 e uma central multimídia flutuante (que pode ser de 6,5"ou 8,25" dependendo da versão), além do ar-condicionado digital com grafismo diverso em relação ao Virtus. O cluster pode ser uma tela digital de 10,25", exatamente como no modelo brasileiro. Sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, sensores de luz e chuva, e câmera de ré também estarão disponíveis.

O novo Polo Sedan será vendido em quatro versões no mercado russo: Origin, Respect, Status e Exclusive. Faróis de LED serão de série desde o modelo de entrada, enquanto as mais caras virão com rodas de liga aro 15" e 16", respectivamente. Para se diferenciar, a versão topo de linha terá elementos cromados na grade frontal, no difusor traseiro e na base das janelas laterais. 

2020 VW Polo for Russia
2020 VW Polo for Russia

Segundo os russos, motores e transmissões serão os mesmos do Skoda Rapid: 1.6 aspirado de 90 e 110 cv, e 1.4 TSI de 125 cv. O de entrada vem somente com câmbio manual de 5 marchas, o intermediário oferece a opção de um automático de 6 marchas e o mais potente traz como exclusividade a caixa DSG de dupla embreagem e 7 marchas.

E aí, entre o nosso Virtus e o Polo Sedan russo, qual você prefere?

Fotos: divulgação

Ouça nosso podcast:

 

Galeria: VW Polo Sedan para a Rússia