Lançamento, porém, será somente no fim do ano

A Volkswagen é uma das marcas que mais deseja "salvar" o Salão do Automóvel deste ano. E o motivo é que a marca alemã prepara uma grande estreia para o evento: o SUV médio fruto do projeto Tarek, uma espécie de Tiguan curto (não o AllSpace como o vendido aqui) para atuar no segmento hoje dominado pelo Jeep Compass. Já não é segredo que a VW prepara a fábrica de Pacheco, na Argentina, para produzir o modelo. A novidade é que unidades pré-série já estão em linha, conforme mostrou em seu Twitter o responsável por vendas e marketing globais da VW, Jürgen Stackmann, durante visita à fábrica do país vizinho. 

A planta de Pacheco recebeu investimentos da ordem de US$ 600 milhões para modernizar as linhas de montagens e inaugurar uma nova câmara de pintura - justamente onde aparece o SUV na foto postada pelo executivo. Desenvolvido sobre a plataforma MQB-A, o modelo foi apresentado nas redes como "A-SUV" por Stackmann. Já é vendido como Tarek ou Tharu em alguns mercados internacionais, mas por aqui a VW garante que Tarek é apenas o nome do projeto e que ele terá mudanças visuais e uma nova nomenclatura - possivelmente inédita.

VW Tarek 2021

Será o primeiro rival do Compass a ser feito também na América do Sul, o que permite antever um maior volume de produção para tentar rivalizar com o sucesso da Jeep (que chega a superar 5 mil unidades mensais só no Brasil). Atuará entre o T-Cross e o Tiguan AllSpace, numa faixa que hoje iria dos R$ 120 mil aos R$ 150 mil. É provável que o Tiguan perca a versão de entrada 250 TSI para abrir espaço ao novo SUV, passando a ser importado (ele vem do México) somente nos modelos Comfortline e R-Line.

Flagra: VW Tarek no Brasil
Flagra: VW Tarek no Brasil

A princípio, o Projeto Tarek deve receber apenas o conhecido motor 1.4 TSI (150 cv e 25,5 kgfm) ligado ao câmbio automático Tiptronic de 6 marchas, o mesmo conjunto mecânico do T-Cross Highline, somente com tração dianteira. Para desafiar o Compass, porém, uma versão a diesel 2.0 TDI com tração 4x4 seria de fundamental importância, embora não esteja nos planos da VW.

Com o Salão do Automóvel sob risco após a desistência de diversas marcas, incluindo a líder de mercado no Brasil (Chevrolet), a VW já considera algumas alternativas para apresentar seu SUV médio. A ideia é mostrá-lo publicamente até o fim do ano e começar a vendê-lo no início de 2021.

Fotos: reprodução Twitter, Argentina Autoblog e arquivo Motor1.com 

Galeria: Projeto VW Tarek Argentina