Imagem de registro na Ásia revela modelo hatchback, e ele pode se tornar global

A China é um país tão diferente e que consome tantos tipos de carro que há muitos modelos e versões exclusivas para aquele mercado. Uma delas é o Gienia, uma variante do Honda City lançada em 2016, e que era mais um notchback (como o antigo Ford Escort) do que um hatch. Será diferente na nova geração do sedã, que desta vez dará origem a um hatch de verdade. Ele acaba de aparecer em imagens de registro na Ásia, dando a entender que será um carro para competir com modelos como Ford Fiesta, Hyundai i20, Toyota Yaris e Volkswagen Polo.

As imagens, descobertas pelo Canal Carros, mostram que este hatchback baseado no novo Honda City tem uma frente idêntica ao que vimos no sedã, sem mudar absolutamente nada – até mesmo comprimento dos faróis é igual. Ele muda, claro, é na traseira, não só pelo balanço menor para ter aspecto de carro compacto, como também no design. As lanternas continuam na horizontal, mas são mais curtas e, junto com a nova tampa do porta-malas, faz lembrar muito a traseira de alguns outros carros, como Audi A3 Sportback.

 

Por ser um registro do desenho industrial, ainda não há informações sobre suas medidas. Vale lembrar que o novo City mede 4,553 metros de comprimento, 1,748 m de largura, 1,467 m de altura e 2,589 m de entre-eixos. Como comparação, o Gienia atualmente vendido na China tem 4,517 m, apenas 22 milímetros menos do que o sedã. O hatch será obviamente mais curto.

Honda Fit 2020

Honda Fit reforçou o jeitão minivan nesta nova geração, o que abre espaço para um hatch convencional

Caso o novo carro siga as opções de motores do City, então o hatch terá o novo 1.0 turbo de três cilindros de 122 cv e 17,6 kgfm, combinado ao câmbio CVT que simula 7 marchas. Ainda poderia adotar o conjunto híbrido formado pelo motor 1.5 aspirado e duas unidades elétricas, mesmo sistema usado pelo novo Fit e que será lançado no City ao longo deste ano na Ásia.

A ideia de ter dois compactos faz total sentido para a Honda. Afinal, o Fit sempre teve um perfil mais familiar, com seu estilo monovolume e soluções de espaço interno. No entanto, falta um modelo de aspecto mais jovem para competir, por exemplo, com Yaris hatch e VW Polo aqui no Brasil. Formaria uma boa dupla com o novo Fit? Deixe sua opinião nos comentários.