Propulsor 1.4 TSI de 150 cv foi responsável por simbolizar a conquista

A Volkswagen celebra nesta semana a marca de 20 milhões de motores produzidos no Brasil desde a década de 1970. Deste total, 12 milhões foram fabricados na planta de São Carlos, que iniciou suas atividades em 1996, enquanto 8 milhões saíram do complexo Anchieta, entre os anos de 1974 a 2012. 

Atualmente, são feitos em São Carlos os propulsores da família EA211 nas versões 1.0 MPI, 1.6 MPI, 1.0 TSI e 1.4 TSI, que equipam os modelos T‑Cross, Polo, Virtus, Up!, Gol, Voyage, Saveiro Cross, Jetta, Tiguan e Audi A3. A fábrica produz também o 1.6 EA111 usado por Gol, Fox, Voyage e Saveiro. Para o mercado brasileiro, todos os powertrains são bicombustíveis, ao passo que unidades produzidas para exportação são movidas apenas a gasolina.

Galeria: Volkswagen Polo GTS 2021

“A fábrica de São Carlos tem um importante papel dentro da estratégia da Volkswagen, pois é uma unidade que, além de atender o mercado interno, tem um perfil exportador, tanto em motores como em componentes”, disse Pablo Di Si, presidente e CEO da Volkswagen América Latina.

A conquista foi simbolizada com a produção de uma unidade do motor 1.4 TSI da família EA211, de 150 cv, já usado por Jetta, T-Cross e Tiguan e recentemente empregado nas versões GTS de Polo e Virtus.

Fonte: Volkswagen