Crossover compacto terá motores 1.0 e 1.2 turbo; veja novas imagens

Falta muito pouco para o lançamento do novo Chevrolet Tracker 2021 no Brasil. A GM parou de fazer mistério sobre o modelo e já usa o nome do carro, além de ter divulgado um teaser que mostra um pouco do crossover compacto e criado uma seção no site para interessados em adquirir o veículo. Oficialmente, a fabricante diz apenas que chega às concessionárias até o fim do mês que vem, mas Motor1.com apurou que a apresentação acontecerá nos dias 17 e 18 de março. Ele será o primeiro dos 7 lançamentos que a empresa promete para este ano no Brasil.

Chevrolet Tracker 2021 - Teaser

Desenvolvido como mais um produto da estratégia Global Emerging Markets (GEM), o Chevrolet Tracker 2021 adota a mesma plataforma usada por Onix e Onix Plus. A principal novidade é que deixa de ser mexicano para virar brasileiro, passando a ser produzido em São Caetano do Sul (SP). A fábrica inclusive já iniciou a produção em série para criar um estoque antes do lançamento.

As imagens divulgadas até agora destacam os faróis e lanternas com LED, itens que serão usados nas versões mais caras. A GM tenta manter um pouco do mistério sobre o design ao escurecer a imagem, mas não adianta muito pois o carro já está à venda na China (e você pode ver na galeria abaixo). A marca diz que os faróis “contarão com uma tecnologia inovadora”.

Ele ficará maior, com 4,27 metros de comprimento, 1,79 m de largura. 1,60 m de altura e 2,57 m de entre-eixos, o que representa um aumento de 2 cm no entre-eixos e, consequentemente, no comprimento. O porta-malas aumentou de 306 litros para 390 litros. Terá o motor 1.0 turbo usado no Onix, com 116 cv e 16,8 kgfm, como opção básica, enquanto as mais caras adotarão o 1.2 turbo, com potência próximo dos 140 cv. A transmissão será a automática de 6 marchas, e ainda deve ter uma variante manual para a configuração mais barata.

Segundo apurado por Motor1.com, a GM apostará em um preço bem agressivo para o novo Chevrolet Tracker. A versão básica LT deve ter um valor por volta de R$ 75 mil, enquanto a variante topo de linha passará dos R$ 110 mil (valor que já é cobrado atualmente pelo Tracker Premier com o pacote opcional que adiciona airbags laterais e de cortina, alerta de saída de faixa e alerta de colisão frontal.

Ouça nosso podcast:

 

Galeria: Chevrolet Tracker 2020