Nova geração da picape compacta será lançada em abril com motores 1.4 Fire e 1.3 Firefly

Após um 2019 mais quieto no quesito “lançamentos”, a Fiat-Chrysler se apronta para um 2020 bem mais animado. A primeira novidade será a nova geração da Fiat Strada, que acaba de ganhar seu primeiro teaser, mostrando o veículo de perfil e adiantando alguns detalhes de seu design, como as lanternas e os faróis. A previsão é que esteja nas concessionárias em abril, com motores 1.4 Fire de 88 cv e 1.3 Firefly de 109 cv.

A nova Fiat Strada será uma mistura de vários carros da marca. A plataforma é uma junção das bases de Mobi e Argo na frente, e da Fiorino na traseira, fazendo com que ela mantenha a suspensão de eixo rígido com mola semi-elíptica. Até mesmo o design terá toques de outros modelos da empresa. A imagem divulgada adianta que terá lanternas no estilo da Toro, percorrendo uma parte da lateral da caçamba, enquanto os faróis são iguais aos do Argo, inclusive com a linha em LED no topo.

Assim como nos modelos de testes flagrados até agora, o teaser mostra que usará a mesma porta dianteira que o Mobi. Ainda compartilhará mais peças com o subcompacto, como painel, volante, manopla de câmbio e mais itens de acabamento, reduzindo os custos de produção em escala. Embora a traseira tenha inspiração na Toro, ela não adotará o sistema de abertura lateral, mantendo a porta que abre para baixo.

A novidade mais óbvia é que está com quatro portas, algo inédito na linha da Strada, que no máximo teve três portas (sendo que a terceira era do tipo suicída). A variante de cabine simples terá alterações, recebendo um espaço atrás dos bancos para carregar pequenas bagagens. A capacidade de carga ainda deve ficar por volta dos 700 kg, dependendo da versão, e com um porte bem próximo da geração atual.

Galeria: Fiat Strada 2021 - Novos flagras na neve

Na parte mecânica, a Strada utilizará o conhecido motor 1.4 Fire EVO na versão de entrada, de até 88 cv com etanol, o que ajudará a manter o preço baixo o suficiente para as variantes de cabine simples. Quem quiser a picape com cabine dupla receberá o modelo com o 1.3 Firefly de 109 cv usado também por Argo e Cronos. Neste primeiro momento, terá somente transmissão manual de 5 marchas, recebendo o inédito câmbio automático do tipo CVT em um segundo momento (mas somente no 1.3). Ainda é esperado que tenha o 1.0 Firefly Turbo, que será produzido em Betim (MG) a partir do ano que vem.