Modelo será produzido nos Estados Unidos ao lado do novo Santa Fe

Agora que finalmente teve aprovação, a Hyundai Santa Cruz está correndo com seu desenvolvimento para estrear o quanto antes. A picape já apareceu sem camuflagem em dezembro e agora está fazendo seus testes de inverno na Europa, tentando esconder o seu visual. A produção está programada para iniciar em 2021, só que ainda não tem data de apresentação.

Está tão camuflada quanto nas últimas imagens, em que a picape aparece rodando nas ruas. Ainda assim, é possível ter uma boa ideia do que esperar da Hyundai Santa Cruz quando for revelada. Para começar, ela terá um porte semelhante ao da Fiat Toro, com uma construção monobloco - isso porque a marca trabalha em outra picape, com construção de carroceria sobre chassi. O plano é que seja uma oferta para que gosta de picapes mas que não irá usar o veículo para trabalho.

Galeria: Hyundai Santa Cruz - Novos flagras

Embora não seja realmente um modelo médio, a Santa Cruz na versão de produção deve ficar maior do que o conceito de 2015. A fabricante disse que iria atualizar o design, algo que podemos notar nos protótipos. Adota a nova grade da marca, ocupando a maior parte da frente e usando o esquema de faróis duplos. Fizemos uma projeção de como ela deve ficar:

Galeria: Hyundai Santa Cruz 2021 - Projeção

Ela terá uma conexão forte com o novo Santa Fe, por usar a mesma plataforma e dividir a linha de produção no Alabama (EUA). É possível que a Santa Cruz adote um par de motores de quatro cilindros, na forma do 2.4 de 188 cv e o 2.0 turbo de 241 cv. Alguns rumores falam sobre o uso do 2.5 de 198 cv usado nos sedãs Sonata e Azera, acoplado ao câmbio automático de 8 marchas. Até a MotorTrend entrou nas especulações, citando um possível 2.5 turbo.

Ainda não se sabe quando a Hyundai Santa Cruz será revelada. As últimas informações falam sobre uma apresentação no 2º semestre de 2020 como um conceito atualizado, já que a produção só acontecerá em 2021 - e depois do novo Santa Fe estrear. Quem sabe ela não aparece no Salão de Paris (França), em outubro.

Fonte: Automedia