Picape do Wrangler virá com motor 3.6 V6 Pentastar a gasolina de 289 cv e transmissão automática de 8 marchas

A Fiat-Chrysler estará bem ocupada nos dois próximos anos, prometendo diversos lançamentos para Fiat e Jeep até 2021. Um deles será a Jeep Gladiator, picape derivada do Wrangler que já foi confirmada pela fabricante para o 2º semestre deste ano. O modelo está sendo exibido na Argentina, em uma unidade que está na região para o trabalho de tropicalização e homologação do veículo.

Galeria: Jeep Gladiator 2020

Como é costume na Argentina, as fabricantes estão aproveitando o verão para mostrar suas novidades nas praias da região de Pinamar. A Jeep Gladiator é uma delas, com o protótipo que está “realizando testes de validação em caminhos da Argentina, Colômbia e Costa Rica, preparando seu lançamento comercial na América Latina”, como explica Pablo García Leyenda, diretor comercial da FCA Argentina.

O executivo adianta que esta unidade não é da mesma configuração que será vendida na região a partir do 2º semestre. Embora seja a versão topo de linha Rubicon, ela pode estar sem alguns equipamentos opcionais que podem ser adotados pela picape, como a central multimídia de 8,4” e o sistema de controle de cruzeiro adaptativo – itens esperados para o modelo que estará no Brasil, por conta de seu posicionamento.

Sabemos que a Gladiator chegará à região com apenas uma motorização: o motor 3.6 V6 Pentastar de 289 cv a 6.400 rpm e 35,9 kgfm de torque a 4.400 rpm, sempre com a transmissão automática de 8 marchas e tração 4x4. Existe uma opção diesel nos EUA, formada pelo 3.0 V6 turbo de 263 cv e 61,1 kgfm, mas que está descartado neste primeiro momento – fontes ligadas a marca dizem que, dependendo da demanda, há chances de que venha no futuro.

Jeep Gladiator - Flagra na Argentina
Jeep Gladiator - Flagra na Argentina

Não será uma picape para trabalho, até por não ser a proposta da Jeep Gladiator. A caçamba tem capacidade para apenas 770 kg e ela é oferecida como um modelo de lifestyle – apesar de ter um tamanho de picape média, com 5,53 metros de comprimento. Preços ainda não foram revelados, mas pode esperar por algo na casa dos R$ 350 mil, em uma faixa próxima do que é praticado pelo Wrangler no Brasil, além de abrir espaço para a Ram 1500, esta sim feita para trabalho e que chega neste ano com três motorizações.