Informação foi antecipada por Jürgen Stackmann, do conselho da administração

Depois da Audi anunciar que não participará da edição deste ano dos Salões de Nova York e de Detroit, outra importante montadora alemã também corre risco de ficar de fora de mais uma grande mostra internacional. Conforme relata a imprensa da Europa, a Volkswagen muito provavelmente não participará da edição deste ano do Salão de Paris, programado para outubro. A informação partiu de Jürgen Stackmann, membro do conselho de administração da empresa, que disse não haver interesse na participação. Questionado, o executivo respondeu: “provavelmente não. Não há planos para este ano".

Galeria: Volkswagen ID. Space Vizzion

A realização do Salão de Paris tradicionalmente acontece em alternância ao Salão de Frankfurt. Ambos são eventos importantes no calendário automotivo global, mas vêm perdendo visitantes nos últimos anos. A mostra alemã, por exemplo, caiu de 810.000 expectadores em 2017 para apenas 560.000 em 2019 - fato que reduz a atratividade em termos de marketing e alcance de público. Some a isso os altos gastos investidos na participação. Em 2018 a Volkswagen também não participou da exposição e, segundo estimativas, economizou algo em torno de € 50 milhões. Na prática, muitas montadoras tem optado por promover eventos próprios para lançar novos produtos.

A decisão, vale lembrar, afeta apenas a marca Volkswagen. As demais empresas do grupo certamente devem participar e apresentar novidades. 

Fonte: Auto Actu, Auto Plus, Turbo, Capital