"Ferrari Utility Vehicle" será a denominação adotada pela marca para evitar o termo SUV

O lançamento mais aguardado da Ferrari para o início da próxima década parece que chagará ao mercado pelo menos um ano antes do imaginado. Conforme revela reportagem recente da revista britânica AutoExpress, o tão comentado crossover Purosangue estreará oficialmente em 2021, e não em 2022 como pensado anteriormente. O modelo promete inovar tanto em termos de design quanto pelo fato de ser o primeiro representante da empresa na categoria, mas a ordem interna é se desvincular ao máximo do termo "SUV". Não por acaso, a publicação relata que o superesportivo será comercializado como um FUV (sigla para Ferrari Utility Vehicle).

Galeria: Ferrari Purosangue - Flagra

Conhecido internamente pelo código 175, o Purosangue terá espaço para acomodar até quatro pessoas e contará com estilo bastante diferente da GTC4Lusso. Ao que tudo indica, será o primeiro veículo da marca com quatro portas e, em termos de porte, não será tão grande quanto o Lamborghini Urus. Mecanicamente, será construído sobre uma nova plataforma de motor central-dianteiro e terá à disposição pelo menos três diferentes opções de motorização, incluindo um conjunto híbrido.

A adoção de uma nova plataforma (em grande parte herdada do recém-lançado modelo Roma) colocará o motor para trás das rodas dianteiras, enquanto a transmissão de dupla embreagem ficará na traseira, para melhorar a distribuição de peso. A arquitetura permitirá o uso de um sistema de tração nas quatro rodas, enquanto os modelos híbridos transmitirão a força extra do motor elétrico para as rodas traseiras. A oferta mecânica será composta por propulsores V6, V8 e V12.

Fonte: AutoExpress