Motor será o 1.8 das versões Precision e HGT

Enquanto não chega o câmbio CVT para o motor 1.3 Firefly, a Fiat vai apostar mais uma vez na dupla formada pelo antigo 1.8 E-TorQ ligado ao câmbio automático de 6 marchas para criar uma versão topo de linha do Argo Trekking. O anúncio foi feito nesta terça-feira durante um evento da FCA em São Paulo, confirmando a apresentação do modelo na próxima sexta-feira (29), embora o lançamento nas lojas fique para o início de dezembro.

Comparativo: Fiat Argo Trekking x Ford Ka Freestyle

Até então, o Fiat Argo Trekking era oferecido somente com motor 1.3 de 109 cv e câmbio manual de 5 marchas, com preço a partir de R$ 59.990. Além do visual mais robusto, o modelo aventureiro se diferencia pela suspensão elevada e pelos pneus de uso misto, que conferem um conforto maior em pisos esburacados e estradas sem pavimentação. A novidade ficará por conta deste conjunto aliado ao motor 1.8 de 139 cv e ao câmbio automático de 6 marchas, vindo das versões Precision e HGT. 

Segundo a Fiat, o motivo de ampliar a linha do Argo Trekking foi tomada por conta da boa recepção pelo modelo. A marca diz que já emplacou mais de 10 mil unidades desde o lançamento em abril e que a versão representa 30% dos emplacamentos do hatchback, três vezes mais do que a previsão inicial de 10% de participação.

Preços ainda não foram definidos, mas devem ficar entre os R$ 63.990 do Argo Precison e R$ 69.990 do HGT. Principal rival será o Ford Ka Freestyle 1.5 AT. Todos os detalhes serão revelados na próxima sexta-feira (29). Pelo posicionamento, deve contar com ar-condicionado, direção elétrica, controle de estabilidade e tração, computador de bordo com tela TFT de 3,5", sistema de monitoramento de pressão nos pneus e mais. A marca ainda deve incluir a central multimídia Uconnect com tela de 7".

Reportagem: Nicolas Tavares

Fotos: Motor1.com 

Galeria: Comparativo: Fiat Argo Trekking x Ford Ka Freestyle