A apresentação deve acontecer ainda em 2019, com vendas previstas para começar em meados de 2020

A Toyota prepara a apresentação do Yaris GR-4, versão esportiva da nova geração do hatch. Era para ter sido revelado na Austrália, mas os incêndios que castigam o país obrigaram a fabricante a adiar sua estreia. Assim como o modelo usado no World Rally Championship, o Yaris GR-4 terá tração integral, mas não adotará o motor turbo de quatro cilindros da versão de competição, e sim uma unidade turbo de três cilindros, como revela a revista japonesa Motor Magazine.

A nova data de estreia do Toyota Yaris GR-4 ainda é um mistério. A Motor Magazine sugere que sua apresentação pode acontecer ainda neste ano, embora exista chances de que fique para janeiro, como uma das estrelas da marca para o Tokyo Auto Salon, evento de preparação que acontece todos os anos no país.

Ao contrário do Yaris GRMN, que tem uma produção limitada, o GR-4 será uma versão fixa na linha do hatch. Segundo a Motor Magazine, a Toyota pretende montar cerca de mil unidades por mês. No Japão, a variante esportiva do compacto começará a ser vendida em meados de 2020, ainda sem uma definição se será vendido também na Europa.

Além da versão esportiva para andar nas ruas, a Toyota estaria construindo uma variante de competição para ser usado em categorias como a classe R5 do WRC e o All Japan Rally Championship. A principal diferença entre o Yaris GR-4 e este novo modelo é que ele adotaria um 1.6 turbo de quatro cilindros.

Galeria: Toyota Yaris Sport - Flagra

Enquanto isso, o Yaris GR-4 foi avistado em testes. Ele terá uma carroceria alargada e rodas com acabamento em bronze, calçando pneus de perfil baixo. Também está mais baixo do que o Yaris normal, sugerindo uma suspensão com ajuste mais agressivo.

Yaris GR-Sport no Brasil

Já no Brasil, a Toyota pretende lançar um novo modelo da linha Gazoo Racing em 2020. Daniel Herrera, presidente da marca na Argentina, revelou em entrevista que este novo carro será o Corolla ou o Yaris, sem cravar exatamente qual é o modelo. Caso seja o Yaris, Herrera adianta que ele pode ser equipado com o motor 2.0 de 177 cv do novo Corolla, mas também tem chances de usar um propulsor menor com turbo.