Montadora estima investimento de R$ 5 milhões para implantação da infraestrutura

A rede de recarga para veículos elétricos e híbridos do tipo plug-in promete ter um reforço importante no Brasil no que depender da Volvo. Em anúncio recente, a marca confirmou que ampliará sua malha no país dos atuais 125 para 500 pontos nos próximos anos, mantendo parcerias com as empresas Grupo GPA (Pão de Açúcar), rede Iguatemi, rede de estacionamento Estapar, Autovagas, PareBem e a incorporadora Idea! Zarvos, além de sua própria rede de concessionárias (atualmente formada por 36 revendas). O investimento previsto para implantação da nova infraestrutura é de aproximadamente R$ 5 milhões.

Galeria: Volvo XC40 T5 Plug-In Hybrid

“Acreditamos que ainda existem barreiras para a compra de um carro eletrificado, por isso, nossa estratégia de instalação de eletropostos contribui de maneira significativa para a infraestrutura do Brasil e para a indústria automotiva, além de dar mais confiança para que o consumidor adquira com mais tranquilidade um veículo eletrificado”, defende Luis Rezende, presidente da Volvo no Brasil. 

A ideia do projeto é garantir ampla estrutura e capilaridade principalmente no perímetro urbano das principais cidades brasileiras. Na capital paulista, por exemplo, a meta é instalar um ponto de recarga Volvo a uma distância média de 9,7 km entre um e outro.

O investimento é alimentado principalmente pela expectativa de crescimento do segmento no Brasil. Segundo dados oficiais, janeiro a outubro deste ano foram vendidos no mercado nacional 6.015 veículos elétricos ou híbridos. Desse total, a Volvo emplacou 884 unidades (contra apenas 136 do mesmo período de 2018). Em 2020 os números devem subir ainda mais com o lançamento local do XC40 híbrido plug-in.

Fotos: Divulgação