Hatch pode ser apresentado no Salão de Genebra, em março de 2020

Depois de revelar o pequeno i10 há alguns meses, durante o Salão de Frankfurt, a Hyundai acelera o desenvolvimento da nova geração do i20, o primo rico do HB20 para a Europa. O hatchback aparece em testes novamente e, desta vez, nossos espiões conseguiram tirar fotos do interior, revelando que ele terá um painel de instrumentos totalmente digital. A apresentação pode acontecer em março, no Salão de Genebra (Suíça).

Galeria: Hyundai i20 2020 - Novos flagras

Falando nele, o painel de instrumentos é justamente o que mais chama a atenção nas fotos. Ainda é cedo para dizer se ele será usado em todas as versões do Hyundai i20 (o HB20 nacional só tem o cluster parcialmente digital nas versões intermediárias para cima). De todo modo, ele parece usar um conta-giros em sentido anti-horário e será sofisticado, com uma tela TFT colorida de alta definição.

As imagens ainda nos permitem ver um pouco de como será a traseira do hatch. Está claro que não terá lanternas com o mesmo formato que o HB20, e ainda terá uma linha em LEDs. O painel de instrumentos mostra uma imagem do carro de traseira, usada para o assistente de permanência em faixa, confirmando um pouco do visual.

Terá uma central multimídia do tipo flutuante, que parece ter virado a norma para os carros atuais. Como o i20 está sendo desenvolvido no centro técnico da Hyundai em Rüsselsheim (Alemanha), aparece com tudo escrito em alemão. A tela aparenta tamanho generoso, embora mantenha alguns botões físicos na parte de baixo.

Olhe para a parte de baixo da foto e pode-se ver que terá uma tela dedicada para o ar-condicionado, junto com duas portas USB. O layout dos controles no volante é similar ao do i20 atual e bem próximo do HB20.

Hyundai i20 2020 - Novos flagras

Os flagras anteriores revelaram que a Hyundai trabalha também numa versão esportiva N, para enfrentar Ford Fiesta ST e Volkswagen Polo GTI. A unidade de testes na época usava a carroceria do i20 atual com modificações e uma saída de escape dupla. O mistério é sobre qual motor será usado, com rumores apontando para o 1.6 turbo de 174 cv usado no Kona, ou até mesmo com os 200 cv do Kia Ceed GT.

Fonte: CarPix