Estreia acontecerá dentro de poucas semanas na Coreia do Sul

Lançada no mercado internacional em 2016 e desde então intocada do ponto de vista visual, a atual geração do Hyundai Azera passará por mudanças profundas na linha 2020. Prova disso são as imagens divulgadas recentemente pela própria marca, que complementam o vazamento ocorrido na semana passada e confirmam o design totalmente reformulado em relação ao carro atual.

As novidades serão apresentadas já nos próximos dias na Coreia do Sul (onde o sedã recebe o nome de Grandeur) e deixarão o modelo tão diferente que não será exagero tratá-lo como um veículo de nova geração.

Galeria: Teaser - Novo Hyundai Azera 2020

Na dianteira, a adoção da chamada filosofia Sensuous Sportiness é facilmente identificada através do capô longo, dos faróis bem recordos e das dimensões gigantescas da grade. Esta peça, em particular, chama atenção pelo fato de contar com iluminação própria em formato de "V" deitado, formando uma espécie de extensão dos faróis. 

O para-choque acompanha a tendência e adota entrada de ar mais ampla na parte inferior, além de novos nichos para os faróis de neblina. Na traseira, o conceito atual de lanternas abrigadas em uma única peça foi mantido, mas agora com apenas uma linha com iluminação vermelha. Logo abaixo estão posicionadas as luzes de seta e de ré.

Por dentro, a cabine também foi completamente revista e entrega agora ainda mais requinte e sofisticação. Entre outras novidades, as saídas de ar redesenhadas agora passam a fazer parte do próprio acabamento do painel, enquanto a central multimídia tem desenho integrado ao quadro de instrumentos.

Além disso, o console central ficou maior, mais pronunciado e dispensa a tradicional alavanca de câmbio, que saiu de cena para dar lugar a um moderno esquema de seletor de marchas por teclas. Por fim, o volante é novo (com um desenho bem parecido com o do Sonata 2020) e todos os revestimentos foram reformulados.

Sob o capô, a principal novidade fica por contra do novo motor 2.5 Theta III de 194 cv que chega para substituir o antigo 2.4 de 190 cv. Uma variante híbrida também está nos planos, embora poucos detalhes tenham sido revelados. Também não há informações sobre mudanças no propulsor 3.0 V6 de 261 cv, que equipa o Azera vendido no Brasil desde junho

Fotos: Divulgação