Crossover deve ter autonomia de até 600 km e preços em torno de US$ 40 mil

Das grandes fabricantes dos Estados Unidos, apenas a Ford ainda não oferece um carro 100% elétrico. Isto começará a mudar a partir do dia 17 de novembro, quando a marca irá apresentar o SUV 100% elétrico baseado no Mustang. O crossover aparece em um vídeo que confirma a data de sua estreia, pouco antes do início do Salão de Los Angeles (EUA) e que mostra um esboço com o perfil do veículo.

Galeria: Ford Mustang SUV EV - Teaser

O vídeo de 22 segundos mostra o carro sendo desenhado na parte de cima a partir da linha de cintura e um modelo clay em preparação. A imagem não revela muito, mas ele parece muito mais com o novo Escape com um teto mais baixo do que com o cupê esportivo – algo que os flagras do carro já adiantavam. Mas a dianteira e a traseira seguem realmente o desenho do Mustang, principalmente em faróis e lanternas.

As informações sobre o crossover elétrico ainda são escassas e não há nem mesmo rumores sobre a motorização ou autonomia. A Ford deve oferecer versões com alcance entre 480 km e 600 km, para fazer frente a modelos como Audi e-tron, Jaguar I-Pace e Mercedes-Benz EQC, sem falar nos futuros rivais da Chevrolet e Volkswagen. Os preços podem ficar na casa dos US$ 40 mil, o mesmo cobrado pela versão básica do Tesla Model Y.

Galeria: Ford mostra imagens de SUV elétrico baseado no Mustang

Outro mistério fica por conta do nome. As especulações passaram por batismos como Mach-E, Maverick e Falcon, mas as últimas informações dão conta de que a Ford irá usar o Mustang como um batismo de família, recebendo apenas um sobrenome para diferenciá-lo do cupê. Descobriremos mais sobre o carro no dia 17 de novembro, fique ligado!