Mistura de buggy com crossover usa motor a combustão como gerador para sistema elétrico

Já virou regra. Se tem um Salão do Automóvel, pode ter certeza que a Mitsubishi irá mostrar um novo conceito e ele será um SUV. É o caso do Mi-Tech, protótipo revelado no Salão de Tóquio (Japão) que combina um visual de SUV e de buggy com uma motorização bem complicada.

Galeria: Mitsubishi Mi-Tech Concept 2019

A ideia atrás do conceito é imaginar o buggy do futuro, com uma nova interpretação do estilo Dynamic Shield que a Mitsubishi usa na frente de seus carros. A grade tem detalhes em cobre e é rodeada por faróis em forma de "T". As enormes caixas de roda quadradas dominam a lateral do carro, enquanto a ausência de portas destaca a personalidade de buggy do veículo. A traseira em forma de hexágono tem lanternas em "T".

Enquanto o visual exterior é cheio de detalhes, o interior tem uma pegada minimalista ao descartar a maior parte dos botões e controles. Não tem nem mesmo uma central multimídia tradicional no console central, com tudo concentrado no painel de instrumentos e no enorme head-up display que usa realidade aumentada. Ainda assim tem alguns botões em forma de teclas de piano na parte de cima do console e, logo acima da alavanca de câmbio, há uma alça que ainda funciona como apoio para a mão enquanto mexe nos botões.

Mitsubishi Mi-Tech Concept 2019
Mitsubishi Mi-Tech Concept 2019

A motorização imaginada pela Mitsubishi é de um elétrico que usa um motor a combustão como gerador para abastecer as baterias. A fabricante diz que ele entrega uma potência alta para um carro de seu tamanho e peso, e que pode ser abastecido com diesel, querosene ou etanol. O Mi-Tech é movido por quatro motores elétricos, um em cada roda, funcionando com tração integral.

Não há planos para que o Mi-Tech seja produzido, mas a Mitsubishi diz que ele serve para mostrar tecnologias eletrificadas que serão aplicados nos SUVs compactos e médios da marca nos próximos anos.