Linha de utilitários da marca alemã será completamente renovada em 9 meses

Aproveitando o lançamento do novo GLC no Brasil, a Mercedes-Benz anunciou a renovação completa de sua linha de SUV "nos próximos 9 meses". Isso inclui o novo GLS, GLE (tradicional e coupé), o GLB e a tão esperada nova geração do GLA, o crossover do Classe A, que não foi apresentado nem no exterior por enquanto. 

Mercedes-AMG GLE 53 Coupe 2020
GLE Coupé
Mercedes-Benz GLS 2020
GLS

Depois do GLC, o próximo será o GLE, que manterá a motorização diesel como única opção. O GLE coupé chegará em um segundo momento, em 2020, com motorização a gasolina e provavelmente carregando o sistema híbrido leve de 48 volts. Outro SUV da Mercedes-Benz bastante esperado é o GLB, que usa a mesma plataforma do Classe A e futuro GLA, mas com carroceria alongada e quadradinha para abrigar sete passageiros. 

Mercedes-AMG GLB 35 4Matic 2020
GLB

O GLS é o SUV topo de linha da Mercedes-Benz. Tem nada menos que 5,20 metros de comprimento e bastante espaço interno para sete ocupantes, além da opção de motor V8 biturbo de 489 cv com sistema híbrido leve. Como opcional, o SUV tem a suspensão E-Active Body, que faz a leitura das condições do solo para preparar todo o conjunto para aquela situação, inclusive elevar a altura do solo. 

Galeria: Mercedes GLA 2020 (novo flagra)

Levando em consideração que os demais já foram lançados e inclusive estão sendo testados e homologados no Brasil pela Mercedes-Benz, o GLA deverá ser o último a ser lançado por aqui no começo do segundo semestre de 2020 - os tais 9 meses que a MB comentou. Como o Classe A, trará como destaque o sistema multimídia MBUX e os novos motores 1.3 turbo e 2.0 turbo. Diferente do que acontece hoje, o GLA se diferenciará mais do hatch, com teto mais alto e linhas diferentes na carroceria, como mostra o flagra acima. 

Galeria: Mercedes-Benz GLE 2020 - Primeiras impressões