Até agora, a GM disponibilizou apenas o modelo Premier top de linha para a imprensa

Em seu primeiro mês cheio de loja, o novo Chevrolet Onix Plus já vem superando o antecessor Prisma e o principal rival VW Virtus nas vendas. Com emplacamentos somados até a última sexta-feira (18), o lançamento da GM já contemplava mais de 2,9 mil unidades. E, para isso, as lojas estão abastecidas desde o começo com as versões Turbo, LT e LTZ, além da topo de linha Premier - a única que a GM disponibilizou para avaliação pela imprensa até o momento. 

Visitamos, então, uma concessionária da capital paulista para conhecer as versões de entrada do novo sedã - ao menos as equipadas com o motor 1.0 turbo, pois as 1.0 aspiradas ainda não estão disponíveis. Começamos pela com a versão chamada simplesmente de "Turbo", que ocupa o lugar do antigo Prisma Advantage no mercado. Com visual mais simples, ela tem retrovisores e maçanetas sem pintura (plástico preto) e rodas de aço cobertas por calotas, além de perder os faróis de neblina. Os próprios faróis são mais simples que os da versão Premier, a única a vir com projetores.

onix plus
onix plus

Por dentro, o painel e as portas são inteiramente pretos, com aquela faixa de textura diferente mantendo a mesma tonalidade do restante da peça - pode ser cinza ou bege na Premier. Os bancos usam tecido bastante simples, enquanto o ar-condicionado é analógico com três botões circulares. Mas a principal mudança é a presença de um rádio com uma pequena tela onde normalmente fica a multimídia My Link. O volante perde o acabamento prata na parte inferior, mas as maçanetas conservam este diferencial, embora não haja nenhuma cobertura de tecido nas portas.

Passando ao modelo LTZ, ele adiciona as maçanetas externas e retrovisores na cor da carroceria, além de trazer os faróis de neblina e as rodas de liga. Por dentro, o tecido dos bancos é um pouco mais trabalhado (com figuras triangulares) e o volante recebe o acabamento prateado na parte inferior, mas as portas continuam sem tecido. O ar-condicionado segue analógico, mas aqui já existe a multimídia My Link, o carregador de celular por indução e o botão de partida, em conjunto com a chave presencial. O piloto automático é item de série em todos os Onix Plus com câmbio automático.

onix plus
onix plus

A mecânica é a mesma: motor 1.0 turbo de 116 cv e 16,8 kgfm ligado ao câmbio automático de 6 marchas. Na loja visitada pela reportagem do Motor1.com, ambas as versões estavam sendo vendidas pelo preço de tabela: R$ 58.790 na Turbo e R$ 70.990 na LTZ, com a pintura branca sólida (que custa mais R$ 750). De acordo com a vendedora que nos atendeu, a versão Turbo tem como foco o público PCD. Ainda não há previsão de estreia da versão LT com motor 1.0 aspirado (82 cv e 10,6 kgfm) e câmbio manual, que vai partir de R$ 54.990.

Fotos: autor    

Galeria: Chevrolet Onix Plus nas concessionárias