Motorização será usada em dois níveis de potência, de 116 cv e 128 cv

Previsto para maio de 2020, o Volkswagen T-Sport será a opção abaixo do T-Cross para o nosso mercado, apostando em um visual de cupê para se diferenciar dos rivais no segmento dos crossovers compactos. Agora o jornalista especializado Douglas Mendonça, o primeiro a revelar que ele seria um SUV-cupê, apurou que o modelo será vendido apenas com o motor 1.0 TSI, mas com duas versões: de 116 cv e 128 cv.

Galeria: VW New Urban Coupe - Teaser

A receita para criar o Volkswagen T-Sport será usar a plataforma MQB-A0 na versão do Polo, de 2,56 metros, ao invés da medida de 2,65 m do Virtus. Mendonça diz que ele deve chegar aos 4,15 metros de comprimento por causa dos balanços dianteiros e traseiros. Mesmo com o teto mais baixo dos SUVs-cupê, o T-Sport terá 1,55 m de altura, valor próximo dos 1,57 m do T-Cross, consequência da suspensão mais alta e com curso maior. O jornalista diz ainda que terá rodas de 16” com pneus 205/60 na versão de entrada, enquanto as mais caras adotarão pneus 205/55 em rodas de 17”. O porta-malas deve contar com 300 litros de capacidade.

Ao contrário dos rumores anteriores, de que teria o motor 1.6 MSI na versão de entrada, Mendonça apurou que a Volkswagen apostará somente no 1.0 TSI de três cilindros. Os modelos mais caros terão o mesmo motor que Polo, Virtus e T-Cross, com 128 cv e 20,4 kgfm, sempre com a transmissão automática de 6 marchas.

Já a versão mais barata adotará uma variante menos potente, sem o variador de fase no comando das válvulas de escape, mas com novo intercooler e turbo. As mudanças farão com que produza 116 cv a 5.500 rpm e 17,3 kgfm a 1.500 rpm. São números próximos dos 117 cv e 16,5 kgfm do 1.6. E estará disponível somente com o câmbio manual de 6 posições.

 

A faixa de preço apurada por Mendonça bate com o que foi publicado por Motor1.com, com valor inicial próximo de R$ 70 mil na versão 1.0 turbo de 116 cv, enquanto a variante topo de linha de 128 cv alcançaria os R$ 85 mil. É possível que a Volkswagen crie uma versão para PCD com menos equipamentos, mas com o câmbio automático e o motor de 128 cv, custando menos de R$ 70 mil para aproveitar ao máximo os benefícios.

Embora o visual externo do Volkswagen T-Sport seja diferente, a cabine deve ser bem próxima do T-Cross e do Polo, com as mesmas linhas e materiais no acabamento. Pode esperar por opções coloridas para o console central. Trará uma lista de equipamentos semelhante à do Polo, com controle de estabilidade e tração de série, assim como quatro airbags. A fábrica em São Bernardo do Campo (SP) começará a produção pré-série em outubro, mas o lançamento é previsto somente para maio.