Quarta geração será um dos destaques do Salão de Tóquio; chegada ao Brasil será em 2020

O Salão de Tóquio (Japão) terá muitas novidades importantes para nosso mercado. Uma delas será a nova geração do Honda Fit, que teve sua apresentação confirmada pela fabricante - apesar de já ter dito que estrearia em outubro durante uma conferência financeira. O hatchback terá novo design e irá focar no uso de uma motorização híbrida para a maioria dos mercados. Ainda sem data certa para chegar ao Brasil, o mais provável é que ele seja mostrado no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro do ano que vem.

Galeria: Flagra: Novo Honda Fit 2020 "Twist"

No comunicado enviado à imprensa, a fabricante japonesa diz que o novo Honda Fit manterá a sua versatilidade, o que significa que aproveitará o sistema modular Magic Seat, permitindo rebater os bancos de acordo com a necessidade. Outra novidade já confirmada pela marca é que ele terá um novo sistema híbrido, semelhante ao usado pelo sedã Insight, com um motor a combustão e dois elétricos.

E o esperado Fit 1.0 turbo de três cilindros? A revista japonesa BestCar afirma que este motor não será usado pelo hatch em um primeiro momento, adotando um 1.3 aspirado como opção básica. A transmissão continuará a ser automática do tipo CVT.

Passará a contar com o pacote Honda Sensing, com equipamentos de segurança como assistente de permanência em faixa, controle de cruzeiro adaptativo, reconhecimento de placas de trânsito, sensor de ponto cego, farol alto automático e mais. Outro item confirmado pelos flagras é o painel de instrumentos digital.

Tiros de espião Honda Fit Honda Jazz
Honda Fit 2020 - Flagra do interior

Já na parte visual, o hatch vai reforçar seu lado minivan. Os protótipos fotografados mostram que está um pouco mais comprido e com a frente mais avançada (como era o Fit original). Os faróis ficarão maiores e arredondados, enquanto a traseira contará com lanternas duplas na horizontal.

A apresentação do novo Honda Fit acontecerá no dia 23 de outubro, o primeiro dia de imprensa do Salão de Tóquio, e começa a ser vendido no Japão no final de novembro. Ao longo de 2020, o hatchback será lançado em outros mercados como Europa, Estados Unidos e Brasil, onde a produção ser feita na nova fábrica da marca em Itirapina (SP).