Mais leve, moto ganhou motor 1.084 cc de 102 cv e mais equipamentos de série

Todos os meses de especulação e teasers chegam ao fim com a apresentação da nova Honda Africa Twin 2020. Como esperado, a aventureira está mais potente graças ao novo motor, além de ter ficado mais magra. Conheça todos os detalhes sobre a nova CRF1100L.

Uma das motos mais esperadas do ano finalmente é revelada, e parece melhor do que esperado. A nova Honda Africa Twin 2020 aumenta a aposta no segmento com melhorias em várias áreas, como redução de emissões, mais potência e peso menor. Quando os rumores começaram a circular, dizendo que ela teria um motor maior, teve quem ficasse preocupado com um possível aumento no peso, o que não aconteceu.

A Honda confirma que a nova Africa Twin está mais leve do que sua antecessora. A versão de entrada pesa 226 kg, enquanto a versão com câmbio DCT alcança os 236 kg. A fabricante fez várias mudanças para conseguir reduzir o peso da moto, incluindo uma caixa de câmbio mais leve. 

Galeria: Honda CRF1100L Africa Twin 2020

Além da redução nos pesos, a moto está com um assento mais baixo e que pode ser ajustado para até 84,8 centímetros, embora o ajuste padrão seja de 87,1 cm. A nova opção de assento baixo deixa a moto mais acessível para pilotos de menor estatura.

Claro, o destaque da Africa Twin é o novo motor duplo paralelo de 1.084 cc, que recebeu aumento de cilindrada e outras melhorias. As camisas dos cilindros agora são feitas de alumínio, os cabeçotes foram redesenhados, a ECU foi reajustada para otimizar a injeção direta na câmara de combustão (também redesenhada).

Honda CRF1100L Africa Twin 2020

O novo motor agora gera 102 cv, um aumento de 7%, e 10,7 kgfm de torque. Para ajudar a aumentar a potência e reduzir a emissão de poluentes, a Honda criou um abafador equipado com um controle de válvula de escape variável. O modelo será oferecido com seis modos de condução: tour, urban, gravel, off-road e dois modos personalizáveis. Eles variam a resposta do acelerador e dos freios dependendo da situação e do nível de agressividade desejado.

A suspensão é praticamente a mesma, com o grafo invertido Showa de 45 mm e com 231 mm de curso na frente, enquanto a traseira usa amortecedor Showa com braço oscilante Pro-Link e curso de 220 mm. As rodas continuam de 21" na frente e 18" na traseira. A frenagem vem pelos mesmos freios que o modelo 2019: discos dianteiros de 310mm e traseiros de 256mm, ambos com ABS.

Africa Twin 2020
Africa Twin 2019

Na parte visual, as mudanças são bem sutis. A carenagem tem uma leva alteração, com um para-brisa maior. Os painéis laterais escondem a estrutura da moto e a proteção na parte de baixo está maior, protegendo também o sistema de escapamento.

Com este design mais leve, a Honda espera incentivar os pilotos a voltarem a fazer trilhas com a Africa Twin, mas sem perder sua capacidade de andar bem no asfalto. O modelo recebe equipamentos como controle de cruzeiro de série, display TFT de 6,5" com Android Auto e Apple CarPlay, entrada USB, conexão via Bluetooth e mais.

Nos Estados Unidos, a nova Honda Africa Twin 2020 será vendida a partir de US$ 14.399 (cerca de R$ 60 mil), com o início das vendas programado para março de 2020. Ainda não há data para chegar ao Brasil.

Fotos: divulgação

Veja também

'