Acabamento apimentado passa a ter alcance global dentro da marca

Apresentado no Salão de Xangai, em abril, apenas na versão intermediária Redline, o Chevrolet Trailblazer 2020 (não confundir com o SUV derivado da picape S10) acaba de ser lançado em uma nova variante na China. Trata-se do modelo RS, já anunciado nos Estados Unidos e que chega ao mercado asiático para se posicionar ao lado de outros veículos Chevrolet oferecidos localmente com traje esportivo, como Equinox e Monza. O modelo se diferencia pela pegada mais agressiva do visual e pelo tratamento exclusivo presente em detalhes como grade, desenho das rodas, logotipos e combinação de cores. É ainda o primeiro modelo RS oferecido simultaneamente tanto no mercado norte-americano quanto no chinês.

Galeria: Chevrolet Trailblazer RS 2020 (China)

Desenvolvido para ficar abaixo do Equinox e acima do Tracker, o Trailblazer promete rivalizar diretamente com Hyundai Tucson, Jeep Compass, Mitsubishi Eclipse Cross e companhia. É construído sobre a plataforma VSS-F, considerada mais sofisticada e refinada que a base GEM usada pelo Tracker. O visual é claramente inspirado na Blazer, que por sua vez toma como base as linhas agressivas do cupê Camaro. Na traseira, a própria Chevrolet diz que se inspirou no Corvette para compor vários elementos, entre eles a disposição internas das lanternas (com detalhes em Y que remetem ao Corvette 2020). No caso da versão RS, a versão americana já apresentada e a chinesa estreante se diferenciam apenas por detalhes da grade (cromada no modelo asiático) e formato da assinatura de LED dos faróis.

Detalhes mecânicos ainda não foram revelados em nenhuma das versões. Na China, as vendas serão iniciadas ainda neste ano, enquanto nos EUA o lançamento está programado para o começo de 2020. No Brasil, a Chevrolet prepara apenas a chegada do irmão menor Tracker, em nova geração. No entanto, uma eventual estreia do Trailblazer seria bem-vinda. Certamente com outro nome, o modelo poderia rivalizar diretamente com o Jeep Compass (que lidera de forma isolada o segmento) e fazer frente ao futuro Volkswagen Tarek, deixando o Equinox para brigar com VW Tiguan, Honda CR-V e Peugeot 3008.

Fonte: Chevrolet