Big trail receberá motor maior de 1084cc em breve, para dar espaço para um modelo menor de 850cc

A Honda continua a registrar patentes de tecnologias para motos. Primeiro vimos a PCX com motor V-TEC, agora é a vez da Africa Twin aparecer com um novo motor com injeção direta, como uma forma de cumprir as novas metas de emissões de poluentes Euro 5. A boa notícia é que existe uma chance de que este motor seja lançado já em 2020 – na pior das hipóteses, ficará para a próxima geração, prevista para 2022.

Honda Africa Twin - Patente

Os arquivos da patente, descobertos pelo site inglês Bennetts, mostram que a Honda Africa Twin terá um motor de 1084cc, um aumento considerável sobre os 998cc do modelo atual. Ainda receberá injeção direta e um novo comando duplo do cabeçote. Enquanto o motor atual conta com 95 cv, a potência da nova unidade deve chegar aos 102 cv, além dos ganhos em eficiência energética.

Apesar da existência das patentes, ainda não é possível cravar quando a tecnologia chegará à Africa Twin. O Bennetts diz que a big trail receberá uma mudança na linha 2020, quando adotará o motor de 1084cc, e que é possível que venha com injeção direta. Se isso não acontecer, então o mais provável é que acompanhe a mudança de geração da moto em 2022. A mudança que a Honda fará tem mais um objetivo: abrir espaço para uma versão menor e mais barata, que será rival da Yamaha Ténéré e que terá um motor de 850cc.

Fonte: Bennetts

Galeria: Honda Africa Twin Avaliação BR