Não teremos um M3 Touring tão cedo, segundo perspectivas do chefão Markus Flasch

Apesar do desejo dos consumidores mais puristas e dos fãs mas aguerridos, não há qualquer chance de a BMW desenvolver no curto ou médio prazos peruas sob as diretrizes da divisão esportiva M. Em entrevista concedida recentemente à revista Car Magazine, o chefe da divisão de alta performance da empresa, Markus Flasch, afirmou que por mais que haja interesse em explorar o segmento de stations esportivas, a ideia torna-se economicamente inviável porque os clientes sempre acabam tendo preferência pelos SUVs. Dessa forma, rumores sobre uma eventual M3 Touring são passam de mera especulação. Quem quiser algo mais apimentado, terá de se contentar com a M340i Touring.

Galeria: BMW M3 Concepts

“Explorar o segmento de peruas não faz parte do nosso plano M. Se eu perguntasse a clientes na Áustria, Suíça ou Alemanha, eles provavelmente aprovariam, mas somos uma empresa global e temos tantas coisas para lidar que não entramos em produtos como esse. É para isso que servem os SUVs", explicou. Na prática, a demanda restrita a poucos mercados acaba inviabilizando projetos do tipo. Globalmente, a marca acredita que os SUVs acabam fazendo mais sentido - tanto é que acaba de colocar à venda os modelos X3 M e X4 M, que se juntam aos irmão maiores X5 M e X6 M.

Nas fotos, destaque para a excepcional perua M3 que a BMW apresentou no ano 2000 com base na geração E46. O modelo nunca chegou ao mercado e teve apenas um exemplar produzido, usado internamente para realizar tarefas da própria empresa.

Fonte: CAR magazine