Anúncios bilionários serão realizados no estado de São Paulo em breve

A indústria automobilística do estado de São Paulo deverá receber consideráveis aportes nos próximos meses. O montante virá para custear o desenvolvimento e a produção de novos veículos na região. Conforme relata reportagem do site Automotive Business, investimentos da ordem de R$ 1 bilhão são realizados pelas marcas Volkswagen e Toyota - ambas com amplo histórico no setor produtivo do estado.

Detalhes ainda são limitados, mas tudo indica que as aplicações serão enquadradas no programa IncentivAuto, criado pela gestão do governador João Doria (PSDB) para incentivar investimentos na indústria local. O modelo prevê abatimentos na cobrança de ICMS para empresas que investirem R$ 1 bilhão, com geração de no mínimo 400 empregos. A isenção começa em 2,5% e vai subindo gradativamente até 25% para aportes superiores a R$ 10 bilhões.

Galeria: Volkswagen Gol 1.6 MSI AT6 2019

Apesar de não haver confirmação oficial por parte das empresas, o site adianta que a Volkswagen será a primeira a anunciar o investimento. O montante, como já dito, será bilionário e deverá custear o desenvolvimento de um novo veículo de entrada, a ser posicionado abaixo do Polo. Tudo indica se tratar do sucessor do Gol, que deverá preservar o nome. O capital será aplicado na fábrica de Taubaté, no interior do estado - a mesma unidade que atualmente produz Up!, Voyage e o próprio Gol. A plataforma será a conhecida base modular MQB, porém, na versão simplificada A0 do Polo. 

Daihatsu DN Trec

Já no caso da Toyota, o anúncio será realizado apenas no último trimestre do ano. Especulações adiantam que o investimento financiará a produção de um inédito SUV compacto rival de Jeep Renegade, Hyundai Creta, Honda HR-V e companhia. O segmento é um dos mais rentáveis do mercado brasileiro atualmente e a Toyota falha fica devendo um representante na categoria. A aplicação será feita na fábrica de Sorocaba e deverá gerar os primeiros resultados em 2021. Só não está claro se o crossover adotará a plataforma do Yaris ou usará a nova base global TNGA (a mesma do Corolla). Na foto acima está o conceito Daihatsu DN Trec, apontado como suposta inspiração do futuro SUV brasileiro. 

Fonte: Automotive Business