Marcações por segundo ajudam em áreas não mapeadas pelo GPS

A Raptor é a versão mais extrema da Ranger. Com proposta off-road aprimorada, a Ford projetou uma função até curiosa para o sistema GPS da picape, pensando justamente em usuários que a colocarão para explorar novos caminhos. Como se fossem migalhas de pão, o navegador automaticamente registra pontos de referência a cada segundo em sua memória. 

Segundo a Ford, tal função é útil em locais que, além de não mapeados no GPS, também não trazem referências, algo comum no meio do mato. Para ativar, basta acionar a função Breadcrumbs (migalhas de pão) no GPS e o registro começa no mesmo instante. 

'

A Ranger Raptor traz motor 2.0 biturbo diesel de 213 cv e 51 kgfm de torque. O que chama mais atenção é o trabalho feito nas suspensões, transmissão e até visual, a deixando mais robusta e pronta para o fora-de-estrada. Pena que a Ford não tenha planos de vendê-la no Brasil...

Galeria: Ford F-150 Raptor 2019 - Avaliação

Foto de: John Neff