Sedã será apresentado no final de setembro, desta vez com motor 2.0 flex de 167 cv

O segundo semestre de 2019 será marcado pelos sedãs médios. Além da nova geração do Toyota Corolla e das reestilizações de Chevrolet Cruze e Honda Civic, a Kia confirma o lançamento do novo Cerato no Brasil. Será apresentado à imprensa na segunda quinzena de setembro, começando a ser vendido nas concessionárias em outubro. Virá importado do México e sua principal novidade será a troca do motor 1.6 pelo 2.0 flex de 167 cv.

Galeria: Kia Forte (Cerato) 2019

Apresentado nos Estados Unidos em janeiro de 2018, o novo Kia Cerato adota linhas inspiradas no Stinger. Além da grade mais agressiva e dos faróis afilados, a linha do teto mais curva e a traseira encurtada dão uma aparência de cupê. A traseira é mais próxima de outro sedã, o Optima, especialmente nas lanternas. Está 81 milímetros maior, com 4,64 m de comprimento, ampliando o espaço para os passageiros traseiros e no porta-malas, que tem capacidade para 433 litros.

Como seus rivais usam motores turbo, ou aspirados acima de 1.8, o Cerato precisava aposentar o 1.6 flex de 128 cv e 16,5 kgfm, o mesmo do HB20. Em seu lugar estará o 2.0 flex de 167 cv, com etanol. A marca não revela os outros dados, mas pela potência, é bem possível que seja o mesmo 2.0 do Sportage, com 20,6 kgfm. Trabalhará junto ao câmbio automático de 6 marchas.

O que a Kia já adianta é que o sedã será vendido em duas versões, SX e EX, com central multimídia de 8” compatível com Android Auto e Apple CarPlay. Lá fora, o novo Cerato tem, como opcional, faróis full-LED, ar-condicionado de duas zonas, alerta de ponto cego, assistente de faixa, controle de cruzeiro adaptativo e frenagem automática de emergência. Tem até carregador de celular por indução.

Kia Forte (Cerato)
Kia Forte (Cerato)

Preços ainda não foram revelados. A geração atual tem preço de tabela de R$ 80.990, embora estivesse em promoção há um tempo, por R$ 72.990. Considerando que todo o segmento está com valores próximos dos R$ 100 mil, o mais provável é que o novo Kia Cerato tenha uma etiqueta próxima disso.

Fotos: divulgação