São 9.300 pontos de abastecimento EV no país, contra 8.400 postos de combustível

Enquanto países como o Brasil ainda engatinham na criação de redes de infra-estrutura para veículos elétricos, no Reino Unido consumidores deste segmento já podem desfrutar de uma verdadeira cadeia nacional de abastecimento. Prova disso é que o número de estações de recarga já é maior do que o de postos de gasolina. Na prática, existem atualmente 9.300 estações EV espalhadas por todo o território britânico, contra aproximadamente 8.400 postos tradicionais de venda de combustíveis. Essa virada é reflexo da crescente procura dos consumidores locais por modelos elétricos e do próprio amadurecimento do mercado como um todo. Só no último mês, as vendas de EVs cresceram significativos 158,1% no país.

Galeria: Nissan LEAF e+ 2019 (Reino Unido)

Das 9.300 estações existentes, algo em torno de 1.600 oferecem opção de carregamento rápido, o que torna mais fácil e prática a vida dos consumidores. Nesta modalidade, baterias compatíveis podem receber até 80% da carga em menos de uma hora. "Superamos preocupações iniciais com questões de alcance, de tal modo que os veículos elétricos agora atendem facilmente às necessidades diárias de direção dos clientes", disse Kalyana Sivagnanam, diretora administrativa da Nissan no Reino Unido. A marca japonesa é líder mundial no segmento de elétricos e comercializa no mercado britânico o Leaf, um dos EVs mais vendidos localmente.

O curioso é que enquanto o número de estações de recarga aumenta exponencialmente, a quantidade de postos de gasolina só cai a cada ano. Da década de 1970 para cá, a redução acumulada já supera os 80%. O primeiro posto de gasolina do Reino Unido foi inaugurado em Aldermaston, Berkshire, em novembro de 1919. Quase 100 anos depois, a realidade é outra. 

Fotos: Divulgação