Resultados fazem parte da quinta rodada de testes realizados em 2019

O Latin NCAP divulgou os resultados da quinta rodada de testes realizada em 2019. Nesta leva, foram submetidos às avaliações da entidade duas picapes médias, um utilitário esportivo e um sedã médio, com classificações de quatro a cinco estrelas para ocupantes adultos e crianças. Alguns deles, como os Toyota Hilux e SW4 e o Chevrolet Cruze, já haviam sido avaliados em ocasiões anteriores, mas passaram por novas provas após a inclusão de mais equipamentos de segurança na lista de itens de série. Confira os resultados abaixo.

+ Nos acompanhe também no Instagram Motor1.com Brasil

Galeria: Latin NCAP - Hilux, Frontier e Cruze

No primeiro caso, temos a Toyota Hilux com cabine dupla e o SUV SW4, fabricados na Argentina e na Tailândia, que pela primeira vez foram submetidos ao mais rigoroso protocolo de avaliação do Latin NCAP. Ambos já haviam sido avaliados em 2015, sob as diretrizes do protocolo anterior, com classificação de 5 estrelas. Agora ganharam controle eletrônico de estabilidade (ESC) e um total de sete airbags como equipamento padrão desde 1º de julho de 2019 e novamente alcançaram um sólido resultado de 5 estrelas para todos os seus ocupantes (tanto adultos quanto crianças). O desempenho foi elogiado pela entidade e apresentado, inclusive, como exemplo a ser seguido por outras montadoras.

Latin NCAP - Hilux, Frontier e Cruze

Ainda no segmento de picapes médias, foi colocada à prova a picape Nissan Frontier, vendida em alguns mercados como NP300 Navara. O Latin NCAP levou em conta as versões produzidas na Argentina e no México, e classificou-as com 4 estrelas para proteção dos ocupantes adultos e crianças. De série, a picape apresenta ESC, como na Hilux, mas oferece nos modelos mais básicos apenas dois airbags frontais. A estrutura foi classificada até o limite como instável. Os testes de impacto lateral de poste não foram realizados, tendo em vista a falta de proteção lateral para a cabeça como padrão. Ainda segundo órgão, a proteção oferecida ao dummy de três anos, bem como a falta de possibilidade de desconectar o airbag do passageiro, limitaram o veículo a obter uma pontuação mais alta.

Latin NCAP - Hilux, Frontier e Cruze

Por fim, a quinta rodada de testes de 2019 avaliou o Chevrolet Cruze, produzido na Argentina. O sedã já havia sido testado em 2018 (classificação de 4 estrelas para todos os ocupantes), mas não foi submetido ao impacto lateral de poste por não contar airbags de cortina como equipamento padrão. A partir de 21 de maio, todas as versões passaram a contar com o referido equipamento, além do ESC, e uma nova avaliação se fez necessária. O modelo alcançou 5 estrelas para proteção de ocupantes adultos e 4 estrelas para proteção de passageiros infantis. A pontuação para crianças só não foi melhor porque a sinalização das ancoragens ISOFIX não atende aos requisitos do Latin NCAP, além da necessidade de melhorias na proteção oferecida ao dummy de três anos no impacto frontal.

Fonte: Latin NCAP

Ouça o Podcast Motor1.com