Marca ainda irá reviver o Freelander como carro de entrada, além de lançar Jaguar A-Pace e B-Pace

Não é nenhuma novidade que a Jaguar Land Rover fez uma parceria com a BMW para criar veículos elétricos. A publicação Wards Auto diz que a cooperação entre as duas fabricantes irá além disso, com a JLR adotando motores da montadora alemã. E a revista Autocar ainda descobriu que há estudos para usar também a plataforma de tração dianteira do novo Série 1 em carros como o Land Rover Discovery Sport e o Range Rover Evoque.

De acordo com a Autocar, a Jaguar Land Rover quer criar um novo crossover compacto e com uma variante "cupê" usando a plataforma Frontantriebsarchitektur (FAAR) da BMW, uma variante da base UKL atualmente usada por carros como o Série 1, só que preparada para veículos híbridos e elétricos. Na Jaguar, os carros carregariam o nome Pace, assim como o E-Pace, F-Pace e I-Pace.

Galeria: Jaguar R-D6 Concept 2003

O nome final dos carros da Jaguar ainda não foram revelados, embora os jurados do prêmio Car of the Year tenham ouvido algo sobre A-Pace e B-Pace. A versão com design inspirado pelos cupês deve buscar inspiração no conceito R-D6, um hatchback que a JLR mostrou em 2003.

A Land Rover também aproveitará a plataforma da BMW. Segundo a Autocar, a fabricante irá reviver o nome "Freelander" como seu carro de entrada feito com essa base, e ainda irá preparar as próximas gerações do Discovery Sport e do Evoque, ambas previstas para 2025. Vale lembrar que tanto o novo Evoque quanto o Discovery Sport reestilizado usam uma versão atualizada da plataforma anterior, que recebeu modificações para permitir o uso de motorizações eletrificadas.

Fonte: Autocar