Irmã de plataforma da Nissan Frontier vendeu somente 16.700 unidades desde que foi lançada

A investida da Daimler no ramo das picapes durou somente dois anos. De acordo com o site Automotive News Europe, citando fontes ligadas à fabricante, a Mercedes-Benz Classe X deixará de ser produzida em breve, como uma das medidas para reduzir os gastos da empresa. A picape foi lançada em 2017, compartilhando plataforma com a Nissan Frontier e havia sido confirmada para o Brasil, mas tornou-se dúvida após o cancelamento da produção na Argentina.

Galeria: Mercedes Classe X X350d 4Matic 2018

Nos dois anos de mercado, a Mercedes-Benz Classe X teve um resultado fraco. Foram 16.700 unidades vendidas na África do Sul, Austrália e Europa, número justificado pelo preço alto – custava 37.294 euros (R$ 157.190) na versão de entrada. As vendas ainda foram afetadas por diversos recalls, como o caso da luz de iluminação na região dos pedais, que poderia cair e ficar presa atrás do pedal de freio, atrapalhando sua eficiência.

Outro motivo pode ser o relacionamento com a Aliança Renault-Nissan, que azedou nos últimos meses a ponto da Mercedes-Benz anunciar que não iria mais produzir a Classe X na Argentina. A picape nasceu como uma projeto conjunto entre as três fabricantes, usando a mesma arquitetura para Frontier, Alaskan e Classe X, além de compartilhar os motores nas versões de entrada e intermediária – o único diferencial do modelo alemão era o 3.0 V6 de 258 cv. Sem a produção na Argentina, a Classe X era feita somente na fábrica da Nissan em Barcelona (Espanha).

Mercedes Classe X X250 d - Reino Unido
Mercedes Classe X X250 d - Reino Unido

No começo de julho, a Daimler anunciou que iria reduzir a expectativa de lucro pela quarta vez em 13 meses, por conta dos custos para cobrir os problemas de emissões dos carros diesel e pelo recall dos veículos com os airbags da Takata. Para evitar ficar no prejuízo, estuda maneiras de reduzir seu custo operacional e a picape deve ser somente a primeira baixa.

Fonte: Automotive News Europe
Fotos: divulgação