Elétrico baseado na plataforma modular MEB será revelado em setembro

Enquanto prepara todos os detalhes para estreia em grande estilo no Salão de Frankfurt, em setembro, a Volkswagen aos poucos vai atiçando a curiosidade do público em torno do lançamento do elétrico ID.3. Prova disso é a divulgação nesta semana de uma série de imagens do interior do modelo, com destaque para a revelação de partes como quadro de instrumentos, saídas de ventilação, volante e central multimídia. O design será simples e limpo, mas ainda assim moderno e sincronizado com outros modelos novos da marca. No geral, a cabine será carregada de itens de tecnologia e acompanhará a pegada futurista proposta pela propulsão elétrica.

Apresentado em 2016 pelo conceito I.D., o modelo será o primeiro de uma extensa família de veículos puramente elétricos que terá integrantes sedã, minivan, buggy e ao menos dois SUVs. Segundo fontes internas, a autonomia do conjunto ficará na casa dos 550 km nas versões mais caras e aproximadamente 340 km nas configurações de acesso. As medidas serão praticamente as mesmas do conceito: 4,10 metros de comprimento (15,5 cm menos que o Golf), 1,53 m de altura e 1,80 m de largura, com 2,75 m de entre-eixos. Especula-se ainda potência próxima dos 200 cv e velocidade máxima limitada a 180 km/h.

Toda a produção será concentrada na fábrica alemã de Zwickau, região da Saxônia. Não por acaso, a VW diz que transformará a planta no maior centro de mobilidade elétrica de toda a Europa. Depois do ID.3, serão apresentados o I.D. Buzz (releitura da finada Kombi) e o I.D. Crozz (SUV), seguidos de uma série de derivações. Concessionárias da Europa, Estados Unidos e China serão as primeiras a receber a nova gama.

Fonte: Volkswagen