Aumento mais significativo foi de R$ 6.000, aplicado sobre a versão SX Hybrid

Lançada no Brasil no final de maio, a nova geração do Toyota RAV4 não demorou mais que algumas semanas para ficar mais cara. Em uma rápida consulta no configurador oficial do site da marca, é possível conferir que o aumento foi considerável e atinge tanto a variante de entrada S Hybrid quanto a configuração topo de gama SX Hybrid. No primeiro caso, o preço de tabela saltou de R$ 165.990 para R$ 167.990 (acréscimo de R$ 2.000), enquanto no segundo o valor sugerido foi de R$ 179.990 para R$ 185.990 (alta de salgados R$ 6.000). O reajuste, vale lembrar, não acompanha qualquer mudança na lista de equipamentos ou conjunto mecânico.

Galeria: Toyota RAV4 2020 (Brasil)

No mais, a versão S Hybrid segue oferecendo de série itens como 7 airbags, ar-condicionado digital automático de duas zonas, bancos com ajuste elétrico e ventilação, chave presencial, faróis full-LED, partida por botão, rodas de liga leve de 18”, controle de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, central multimídia com tela de 7” sensível ao toque, painel de instrumentos com display TFT de 7”, freio de estacionamento eletrônico, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro e outros itens.

O modelo topo de linha SX Hybrid adiciona teto solar panorâmico, abertura e fechamento da tampa do porta-malas por sensor debaixo do para-choque traseiro, carregador wireless para smartphones, paddle-shift para trocas manuais de marcha e o pacote de segurança Safety Sense. O kit conta com sistema pré-colisão frontal, alerta de mudança de faixa com condução assistida, faróis altos automáticos e controle de cruzeiro adaptativo.

Toyota RAV4 2020 (Brasil)

Sob o capô, o motor 2.5 de quatro cilindros gera 178 cv a 5.700 rpm e 22,5 kgfm a 3.600 rpm, vindo sempre combinado a três motores elétricos que somam 120 cv e 20,6 kgfm. No total, o conjunto entrega 222 cv de potência combinada. Toda a força é enviada para as quatro rodas através do câmbio automático CVT e de um novo sistema de tração integral. Dados de fábrica indicam consumo médio de 14,3 km/l na cidade e 12,8 km/l na estrada.

Fotos: Divulgação