SUV-cupê chega à terceira geração carregado de personalidade e estilo

Nascido em 2014 com estilo inovador e pegada descolada para a época (tanto que foi um dos pioneiros entre os chamados utilitários-cupê), o BMW X6 chega à terceira geração nesta semana. Produzido em Spartanburg, estado norte-americano da Carolina do Sul, o modelo mantém a essência que o fez um dos mais desejados do segmento desde o lançamento, porém com muito mais tecnologia a bordo e personalidade no design. Está também mais dinâmico graças à plataforma CLAR (Cluster Architecture) herdada do irmão X5 e carregado de detalhes marcantes, como lanternas estreitas que avançam sobre a tampa do porta-malas e grade frontal com iluminação própria.

Galeria: BMW X6 2020

Sob o capô, os modelos de acesso sDrive40i e xDrive40i dividem o motor 3.0 twin-turbo de 6 cilindros em linha com potência de 340 cv e torque de 45,6 kgfm. Na comparação com a geração passada, são 33 cv extras e 4,8 kgfm de torque a mais que fazem a diferença na aceleração de 0 a 96 km/h em 5,2 segundos na configuração sDrive 5,2 segundos e 5,3 segundos na xDrive. Na sequência, a variante M50i equipada com motor 4.4 V8 win-turbo entrega 530 cv e 76,4 kgfm de torque - aumento de 79 cv e 10,2 kgfm sobre o modelo anterior. Neste caso, dados de fábrica indicam aceleração em apenas 4,1 segundos, velocidade máxima de 250 km/h limitada eletronicamente e capacidade de reboque de 3.265 kg.

Tanto as versões de 6 cilindros quanto a V8 fazem uso da mesma transmissão automática de 8 velocidades encontrada em vários outros modelos da BMW. Nesta geração, a marca diz que otimizou o funcionamento da suspensão para deixar o X6 mais dinâmico e ágil. Equipado com o pacote Dynamic Handling, oferecido como opcional, o modelo ganha controle de rolagem ativa e direção com comportamento ainda mais preciso. O primeiro usa motores giratórios elétricos para reduzir o rolamento da carroceria, enquanto a direção ativa gira as rodas traseiras, dentro ou fora, dependendo da velocidade e das condições da estrada, para compensar o deslizamento.

BMW X6 2020

Apesar de não ser exatamente a proposta do carro, a versão xDrive40i oferece como opcional um pacote off-road que adiciona suspensão pneumática, diferencial traseiro M Sport controlado eletronicamente e quatro modos de direção off-road especialmente projetados para diferentes terrenos: neve, areia, cascalho e pedras. Já entre os itens de série, destaque para o sistema Active Driving Assistant (piloto automático adaptativo com função para as constantes paradas do trânsito), detector de ponto cego, aviso de colisão frontal e assistente de estacionamento. Pagando um pouco mais, é possível levar equipamentos como assistente de faixa e alerta de colisão lateral.

BMW X6 2020
BMW X6 2020

Na cabine, marca presença o Live Cockpit da BMW, equipado com iDrive, que inclui painel de instrumentos totalmente digital com 12,3 polegadas e uma tela central sensível ao toque de iguais 12,3 polegadas com recursos padrão e opcionais como o assistente de voz "Hey, BMW", controles de gestos avançados, conectividade wi-fi, carregamento sem fio e compatibilidade sem fio Apple CarPlay. Mercados da Europa e América do Norte receberão o X6 2020 ainda neste ano. No Brasil ainda não há data exata para estreia.

Fonte: BMW