Nova geração revelada em abril terá design diferente para o Brasil

Apresentado em abril, durante o Salão de Xangai (China), o novo Hyundai Creta, conhecido por lá como ix25, chamou a atenção pelo seu design bem polêmico, baseado na nova identidade visual da empresa. A mídia chinesa divulga que a segunda geração do crossover será lançado no país em agosto, ainda sem preços ou motorizações confirmadas. Já a versão nacional é esperada para depois de 2020, e com outro design.

Galeria: Hyundai ix25 2020

Até o momento, o Hyundai Creta era praticamente igual tanto aqui quanto na China, mudando somente o nome para ix25 e pequenos detalhes no design – e a reestilização do modelo asiático o deixou mais próximo do nosso. De acordo com nossas fontes, isso mudará na segunda geração. Enquanto a China terá sua própria identidade, o modelo nacional ganhará uma outra cara, mais de acordo com o gosto dos brasileiros. Isso já foi feito com o HB20, que usa a base do i20 global, mas com design e mecânica adaptada para o nosso mercado.

O Creta chinês mostra uma cara bem diferente. A frente adota elementos usados por outros SUVs da empresa, como Kona, Palisade e Venue, com faróis posicionados mais abaixo e luzes diurnas em LED bem finas na parte de cima. A traseira traz lanternas interligadas por uma barra preta atravessando o porta-malas e com luzes no meio. Do lado de dentro, o SUV recebeu um display vertical para a central multimídia.

A motorização ainda é desconhecida. O ix25 é vendido na China com o motor 1.6 aspirado de 125 cv, nas versões manual ou automática de 6 marchas; e com o 1.4 turbo de 130 cv, disponível somente com a transmissão automatizada de dupla embreagem e 7 posições. Segundo o Indian Autos Blog, o modelo indiano deve adotar um novo 1.5, nas variantes aspirada e turbo, além do 1.0 turbo de 120 cv do Venue. Rumores ainda dizem que terá uma versão de 7 lugares em 2021.