SUV pode ser equipado com motores 3.6 V6 de 279 cv a gasolina ou 2.8 turbodiesel de 200 cv

A General Motors anuncia nesta semana no mercado brasileiro a chegada da linha 2020 do utilitário Chevrolet Trailblazer com novidades. Conforme explica a marca, o modelo passa a ser oferecido unicamente na versão topo de linha Premier, sendo descontinuada a antiga variante LTZ. A mudança alinha o SUV com os modelos Tracker e Equinox, embora estes ainda sejam oferecidos em configurações mais acessíveis. Sob o capô, seguem disponíveis os motores 3.6 V6 a gasolina de 279 cv e 35,7 kgfm de força e 2.8 turbodiesel 200 cv e 51 kgfm de torque, sempre associados ao câmbio automático de 6 marchas.

Galeria: Chevrolet Trailblazer 2020

Além da oferta única da versão Premier, a Trailblazer 2020 incorpora atualizações no sistema OnStar. De acordo com a marca, os atendentes do dispositivo agora poderão enviar indicações do serviço de concierge diretamente para o Waze ou Google Maps em uso pelo Android Auto. Os usuários do Apple CarPlay não terão a nova função, pelo menos por enquanto. No mais, a lista de itens de série segue composta por alerta de colisão frontal, monitores de ponto cego e faixa de rolamento e um sistema que alerta para tráfego perpendicular na traseira do veículo. Há ainda airbags laterais e de cortina, controles de estabilidade e tração, bancos em couro com ajustes elétricos para o motorista, câmera de ré, sensores de luz e chuva e partida remota por meio da chave.

Os preços começam em R$ 193.190 na variante V6 a gasolina (alta de R$ 3.300) e alcançam R$ 235.990 no modelo turbodiesel (acréscimo de R$ 4 mil). Todas as versões têm capacidade para levar até 7 ocupantes e podem ser pintadas nas cores Vermelho Edible Berries, Preto Ouro Negro, Cinza Graphite, Branco Summit, Prata Switchblade e Vermelho Chili.

Fotos: Chevrolet