Elétrico será lançado no final do ano como concorrente direto do Renault Zoe

Depois de confirmar o batismo e divulgar detalhes sobre o pacote de equipamentos, a Honda anuncia agora todos os detalhes mecânicos a respeito do aguardado elétrico E. De acordo com a marca, o modelo foi projetado a partir do zero e será o primeiro sustentado por uma plataforma inteiramente dedicada à veículos EVs. Entre outros diferenciais, contará com bateria de íons de lítio de 35,5 kWh posicionada sob o piso de maneira central e dentro da distância entre eixos - solução que permitirá o equilíbrio de peso perfeito de 50:50 e baixo centro de gravidade. A Honda garante "precisão de direção mesmo em alta aceleração” e “ótima movimentação e estabilidade.”

O E foi projetado para oferecer “agilidade de última geração para tornar a condução urbana agradável e manobras apertadas em ambientes urbanos sem esforço". Nesse sentido, o modelo contará ainda com  câmeras no lugar dos tradicionais espelhos retrovisores, que serão posicionadas de modo a não avançar sobre o limite dos arcos das rodas e dar ao motorista a possibilidade de estacionar em vagas mais estreitas, por exemplo. Outra vantagem diz respeito ao alcance das imagens, uma vez que será possível alterar entre os modelos "normal" e "amplo", reduzindo os pontos cegos pela metade.

Na questão mecânica, a marca promete 200 km de autonomia e carregamento rápido através dos mais modernos tipos de conexão. Na prática, será possível completar até 80% da carga em apenas 30 minutos. O lançamento está confirmado para o final e, até agora, a Honda diz ter recebido mais de 31 mil manifestações de interesse em relação ao modelo. Na Europa, o Renault Zoe será o principal concorrente.

Fonte: Honda