Acordo deve ser revelado no começo de julho

Em março deste ano, surgiam as primeiras notícias de que Ford e Volkswagen estavam negociando uma possível parceria para tecnologias de carros elétricos e autônomos. Segundo o Automotive News, citando Herbert Diess, CEO da marca alemã, este acordo está próximo de ser concluído e as conversas estão "progredindo bem". No momento, as duas empresas combinaram apenas de dividir plataforma para Amarok e Ranger, além do desenvolvimento de veículos comerciais.

Diess fez um discurso em Wolfsburg para 500 executivos da Volkswagen e revelou que, além do acordo feito para veículos comerciais e caminhões, as fabricantes devem estender a parceria para ajudar a otimizar os investimentos em novas tecnologias e reduzir o impacto de um baixo volume de vendas. "Sem uma presença forte nos EUA, nossa região mais fraca, os conflitos do comércio global arriscam nos deixar em uma situação terrível", explicou Diess. "Hoje somos uma empresa que é fortemente influenciada pela China. Precisamos de um contrapeso nos Estados Unidos."

Citando "pessoas familiares com a negociação", o Automotive News afirma que o acordo pode ser anunciado no começo de julho deste ano. É esperado que inclua um investimento da Volkswagen no Argo AI, startup de carros autônomos da Ford, como diziam os rumores de março. Se o acordo der certo, irá formar um rival para o Waymo da Google e a Cruise da General Motors na corrida pelos carros autônomos.

Uma das principais razões para a Volkswagen estar tão interessada em fazer uma parceria com a Ford é porque a fabricante quer aumentar sua avaliação, como Diess disse durante seu discurso. Pela visão do executivo, uma avaliação alta é "uma moeda importante de aquisição na próxima fase de consolidação nesta indústria" e "uma moeda virtual para parcerias que precisamos para a transformação".

Mais detalhes sobre a potencial extensão da parceria entre Ford e Volkswagen devem ser divulgados nas próximas semanas, então fique ligado.